ALGUMAS DICAS PRÁTICAS

1. Evite portar objetos no bolso esquerdo da camisa. Qualquer coisa no universo é energia em graus variados de densidade. Logo, carteira, dinheiro (porta as energias de muitas pessoas que manipularam-no), cartão magnético (de banco, de crédito, de metrô), cartão de visitas (porta a energia da pessoa em questão) e demais objetos não devem ser colocados perto das energias do coração, principalmente no caso de pessoas com alguma sensibilidade energética mais apurada.

2. Veja menos televisão, leia mais, areje a mente, não valorize tanto as coisas, releve mais os erros alheios, namore mais, escute mais música, não permita que seus olhos percam o brilho da alegria, abrace mais seus amigos, viaje no sorriso, sinta-se parte do TODO e mantenha a consciência sempre aberta e o coração generoso.

3. Não compactue com as energias da vingança e nem apoie a violência em circunstância alguma. Há muitas pessoas viajando nas ondas da mediocridade. Elas estão doentes de consciência e não sabem disso. Não seja mais um a carregar um saco de trevas no coração. Você, eu e todo mundo estamos aqui para crescermos, não?

4. Visualização criativa para relaxamento psicofísico:

a) Deite em decúbito dorsal. Mantenha os braços e pernas bem soltos. Tanto faz se as mãos estão para cima ou para baixo. O ideal é deitar numa superfície firme. Os colchões moles não são adequados para essa prática. Coloque um cobertor no chão (desde que o mesmo não esteja frio e nem molhado).

b) Feche os olhos e permita-se internamente um tempo de 15 minutos para fazer essa prática simples.

c) Visualize uma esfera luminosa rosa flutuando acima do seu peito (apenas alguns centímetros acima do meio do peito, mas sem encostá-la na pele). É como um sol cor de rosa bem vivo pulsando suavemente. Faça a energia rosada entrar em seu peito e encher de vitalidade e amor a sua casa emocional (chacra cardíaco). Fique assim por cerca de uns 3 minutos. Nada de ansiedade, faça isso com simplicidade e leveza.

d) A seguir, leve a atenção para a região do baixo ventre (chacra sexual). Visualize uma esfera branca-fluorescente flutuando por cima dessa região (alguns centímetros acima, mas sem encostar na pele). É como um sol branquinho luminoso energizando o baixo ventre. Faça a energia branca entrar e banhar internamente toda essa região que é a casa da essência vital formadora do corpo. Fique assim por cerca de uns 3 minutos. Seja suave e atencioso nisso. Trate com gentileza a sua essência vital.

e) Continuando a seqüência, leve a atenção para a região da testa (chacra frontal). Visualize uma esfera de energia dourada flutuando ali (alguns centímetros acima, mas sem encostar na pele). É como um sol dourado enchendo de luz a região interna da testa e dos olhos. Faça essa energia dourada limpar a sua casa mental. Fique assim por cerca de uns 3 minutos. Pensamentos leves e serenidade...

f) Finalmente, tente visualizar as três esferas ao mesmo tempo, cada uma na sua região correspondente. Fique assim por volta de uns três minutos. Se não conseguir visualizá-las ao mesmo tempo, tente só com duas delas. Se mesmo assim não conseguir, fique só com uma delas (aquela que você preferir).

g) A seguir, esqueça as esferas e só descanse. Sinta-se bem e permita-se um pouco de paz interna.

h) Uma música agradável pode tornar essa visualização mais prazeirosa. Dê uma olhadinha em nosso site (http://www.ippb.org.br) e entre na seção "discografia". Lá tem várias sugestões de músicas para relaxamento e expansão de sentimentos.

i) O objetivo dessa prática é descansar a mente e aumentar a vitalidade. 15 minutos é um tempo ótimo para isso. Algumas pessoas cochilarão (ou seja, entrarão em ondas cerebrais alfa, na faixa de 14 a 7 ciclos por segundo), mas quando despertarem, notarão que seu nível de consciência estará mais claro e pacífico.

j) Se a pessoa estiver com muito sono antes dessa prática, inevitavelmente cairá no sono pesado. Indiretamente, essa prática poderá ocasionar uma projeção ou uma ativação de algum dos chacras (traduzida mais freqüentemente como uma pulsação de luz internamente no chacra em questão).

k) Faça essa visualização com mente aberta, coração generoso e simplicidade. Sempre lembre-se de erguer a consciência ao TODO, não para pedir algo, mas para encher a si mesmo de amor imanente e incondicional.

l) Não faça essa prática com o estômago cheio.

m) Fique bem!

5. Seja eternamente agradecido pelo dom da vida e pelas oportunidades de evolução que o Grande Arquiteto do Universo distribui para todos os seres.

6. Você pode ler milhares de livros e fazer milhares de cursos e mesmo assim ser um cabeça dura e radical. Conhecimento não é sabedoria! E simplicidade não é ignorância. A sabedoria é o equilíbrio do discernimento com o amor na manifestação da consciência. O mundo está cheio de doutores em várias áreas, mas está carente da presença de sábios verdadeiros. Há muitos técnicos nisso ou naquilo, mas bem poucos seres humanos craques em viver e manisfestar-se sadiamente na existência.

7. Experimente fazer a seguinte visualização para melhorar o ânimo físico e a circulação das energias pelo sangue:

a) Sentado, visualize um imenso quadrado amarelo interpenetrando suas pernas (do joelho para baixo).

b) Imagine que esse quadrado amarelo enche suas pernas de vitalidade e saúde.

Fique assim por cerca de uns 6 minutos.

c) Essa prática descansa o corpo e é indicada para quem sofre de problemas circulatórios e de falta de vitalidade. Renova as energias do corpo e aumenta o ânimo de viver.

d) Aprendi esse exercício com um iogue extrafísico.

8. É quando a morte leva alguém amado que se vê o nível de consciência real de um espiritualista. A maioria fala de vida após a morte e quer doutrinar e confortar os outros sobre isso. Mas, quando a morte bate em sua casa e carrega alguém para o plano extrafísico, elas desabam e demonstram que a sua espiritualidade era só teórica ou apenas uma questão de fé bem fraca mesmo. Quem tem certeza da imortalidade da consciência sente a perda do ser amado, mas sabe que ela é ilusória mesmo. Administra o impacto da separação com discernimento e amor. Sabe COM CERTEZA que a pessoa amada não morreu, não importando a opinião alheia sobre isso. E sabe que apesar da pessoa amada ter mudado de dimensão, a vida continua, lá e aqui.

9. Nunca asfixie seu coração com as energias do ódio!

10. Escrevendo isso tudo, lembrei-me de algo já colocado em algum texto antigo. Não resisto em reproduzí-lo novamente: CUIDADO! A ALMA GÊMEA QUE VOCÊ PROCURA HOJE PODERÁ SER A PENSÃO QUE VOCÊ PAGARÁ DAQUI A UM ANO!

11. Outro dia, alguém me disse que os anjos têm hora para encostar em seus púpilos terrestres. Daí, fiquei pensando no meu anjo ajustando seu relógio para uma hora a frente por causa do horário de verão. Aliás, qual será a marca do relógio dele? Seiko, Citizen ou Mondaine?...

12. Bom humor é riqueza. Permite questionar sem ser chato!

13. Outro dia, um ufólogo e grande amigo meu, gay assumido e ótima pessoa, disse-me brincando o seguinte: "Estou louco para ser abduzido por uma nave extraterrestre. Sou um dos escolhidos da nova era. Tomara que os extraterrestres sejam altos, louros e fortes. Que eles me levem logo dessa Babilônia!"

14. Técnica de viver: amar, sorrir e seguir...

15. Concluindo esses escritos, lembrei-me de uma tirada fantástica do meu amigo extrafísico Vidigal (um dos espíritos da Cia do Amor): "Você está triste porque ama alguém e não é correspondido? E daí? Jesus também lhe ama e não é correspondido!"

PS: Qual é a verdadeira prisão? A Terra ou seu coração?
Qual é sua missão na vida? Odiar ou crescer?
Quem é mais agradável? Um materialista bem articulado, inteligente e alegre ou um espiritualista chato e radical nas opiniões?
O que é mais benéfico? Uma pregação moralista ou uma piada?
Qual é sua sintonia? Uma lista ou uma rede de consciências trocando pensamentos, sentimentos e energias pela intermente?

PAZ E LUZ!

- Wagner D. Borges -
São Paulo, 30 de novembro de 1999.

(Texto postado originalmente na lista Sintonia)
/*



Texto <179><02/12/1999>

ImprimirEmail