EXERCÍCIO SUKSHIMA

* Imagine em cima de sua cabeça um jarro dourado. Este jarro contém um líquido da cor violeta.

* Imagine que este jarro começa a despejar suavemente em cima de seu chacra coronário este líquido violeta.

* Esta energia violeta entra em sua cabeça, passando pelos seus chacras lentamente, de um modo bem suave. Faça isso em seu ritmo, sem pressa alguma.

* Concentre-se no mantra SUKSHIMA em seu chacra frontal.

* Então, calmamente, visualize que você vai ficando totalmente violeta por dentro.

* A seguir, visualize que começa a se formar um vapor violeta ao seu redor, formando uma cúpula de luz violeta, bem sutil e relaxante.

* Fique assim por um tempo, até sentir que suas energias ficaram mais sutis e você ficou mais sereno.

* Agora, imagine que surge à sua frente um ser de luz, o seu amparador.

* Estabeleça agora um diálogo pessoal com seu amparador. Diga a ele o que você sentir necessidade, lembrando que ele é seu amigo verdadeiro e o acompanha em todos os momentos, bons ou ruins. Ele está do seu lado, quando você faz besteiras ou algo bom. Mesmo que você não se lembre dele, nem por um momento sequer, ele está presente, com dedicação e carinho. Agradeça, então, por tudo isso e por muito mais, que você nem desconfia...

* Você não está só! Seu amparador não o julga e o ajuda sempre que pode.

* Traga-o para dentro da cúpula de luz violeta e sinta a energia que ele emana.

* Permita-se sentir este amor e abra seu peito, em uma explosão de sentimento e alegria.

* Agora, dê um abraço nele, com toda a emoção de abraçar alguém que se ama muito!

* Compartilhe todo este sentimento, mentalizando o planeta Terra à sua frente envolvido nesta energia violeta, bem suave e sutil.

* Que esta energia possa, de algum modo, levar para as pessoas, a alegria e o amor deste momento de intimidade, reflexão e suavidade...



Paz, luz e muito amor sukshima!


- Nair Cortijos -
12/07/99

Sukshima (do sânscrito): sutil, suave.

ImprimirEmail