TOMANDO CHÁ COM O TAO*

(Dicas de um amparador chinês do grupo extrafísico do Tao-Chi direcionadas para um amigo que estuda Conscienciologia)

1. ILUSÃO: O egoísmo é a verdadeira ilusão. Se o TAO cria tudo, que ser poderá dizer que algo é seu?

2. SABEDORIA: É contentamento. O sábio é puro contentamento interno. Vê o TAO em tudo. Essa é a sua sabedoria: ele não reclama e nem espera nada de ninguém. Por isso, está repleto de felicidade.

3. ARROGÂNCIA: O arrogante é um tolo! Sua mente é semelhante à uma lâmina muito afiada. Externamente corta fundo, internamente corta pouco. Corta tudo, menos a si mesma.

4. PERCEPÇÃO: O sábio olha para dentro e para fora, para cima e para baixo, e só vê o TAO. Por isso, ele diz: "Não julgo e não vejo defeitos, só vejo o TAO!"

5. LUCIDEZ: O que vocês chamam de lucidez não passa de mera atenção condicionada. Lucidez é desperticidade. É amor e consciência em tudo. Quem é desperto, percebe a imanência do CHI, permeando os nove mundos siderais.

6. ESCLARECIMENTO: Só os tolos tentam explicar o TAO. Os sábios não explicam nada, só agradecem e caminham contentes, cheios de CHI, percebendo o TAO em tudo. Eles esclarecem, sorrindo com os olhos.

7. TÍTULOS: O sábio sabe que não é sábio. Ele abomina títulos e personalismos, pois sabe que as garras do ego são afiadíssimas.

8. COMPANHIA: Se o TAO está em tudo, quem poderá dizer que está realmente só?

9. CHÁ: Tomar chá faz bem. Refletir também! Serenidade é tomar chá sentindo o TAO em cada gole.

10. ADORAÇÃO: Deixe o povo adorar o que quiser. O TAO está em tudo mesmo. Quanto a você, vigie mais a si mesmo e veja por onde as sombras espirituais sopram as desgraças em seus pensamentos.

11. EQUILÍBRIO: As estrelas dizem: "O universo é infinito."

A Terra ensina: "Caminhem com passos firmes."

O coração ri e diz: "Misture as energias celestes e terrestres em seu peito. Harmonize céu e terra e seja você mesmo!"

12. MESTRES E DISCÍPULOS: O mestre é pequeno. O discípulo é grande.

O mestre tem consciência de que é apenas uma partícula infinitesimal do TAO. Porém, o discípulo é impaciente e acha que é um ser especial.

Um mestre realizado no TAO, quanto maior, mais discreto. Um discípulo, quanto menor, mais desejará parecer importante.

O mestre é grande e torna-se pequeno, pois sabe que só o TAO é grande. O discípulo é pequeno em seu grande orgulho. Poderá ser grande e tolo, nunca um sábio!

13. ACUPUNTURA: O TAO faz acupuntura no ego. Cada fracasso é uma espetada no ponto certo e acaba com suas ilusões de poder. O sábio já levou muitas agulhadas ao longo do tempo. É por isso que ele não julga e nem espera nada de ninguém. Ele só ri e agradece.

14. Os amigos do Tao-Chi alertam as consciências: "Dissolvam o desejo de encrencar com alguém. Desarmem os pensamentos nebulosos e tomem um chá. Quebrem as carcaças do medo e eliminem a acidez consciencial. Desprendam-se dos esquemas intelectuais aviltantes e das emoções nocivas. Vivam com serenidade e alegria, amor e simpatia, modéstia e harmonia. Os sábios não sabem os mistérios que só o TAO conhece. Mas, eles já sabem sorrir e tomar chá."

PS: Esses escritos são oriundos de uma conversa interdimensional com um dos amparadores do Tao-Chi durante a madrugada do dia 03 de dezembro de 1999 aqui em meu quarto. Fiz as perguntas a partir dos tópicos sugeridos por um amigo conscienciólogo.

Outros textos do Tao-Chi: 20, 21, 69, 78, 81 e 171, em nosso site.


PAZ E LUZ!

- Wagner D. Borges -

- Notas:
TAO (do chinês): "O TODO". "O Inominável Princípio"; A Inefável Urdidura da vida".
CHI (do chinês): Força Vital; Energia.
TAO-CHI: Grupo de amparadores chineses ligados ao Taoísmo original. Originalmente eram dois grupos: "TAO" e "CHI". Posteriormente, fundiram-se em um grupo só. Daí, o nome de Tao-Chi. Oportunamente, postarei um texto contando mais detalhes sobre esse grupo extrafísico e como eles surgiram para mim pela primeira vez muitos anos atrás.

Texto <180><05/12/1999>

ImprimirEmail