Conversando sobre Projeção da Consciência - William Buhlman

(Questões Respondidas por William Buhlman sobre as Experiências Fora do Corpo)

1) Podem as EFCs ser provadas?
R. As experiências fora do corpo (EFCs) podem ser provadas apenas pelos participantes. As conclusões defendidas por muitos pesquisadores são completamente arcaicas e sem significado, sob a luz de uma única experiência pessoal. Muitas pessoas, desesperadamente, tentam ajustar esse estado particular de consciência em seus modelos aceitos de realidade.
Por exemplo, diversos catedráticos concluíram que as EFCs são na verdade sonhos lúcidos; suas conclusões convenientemente se ajustam aos seus conceitos mentais tradicionais.

2) Como é que é se sente ao se separar do corpo físico?
R. Muitas pessoas informam uma sensação vibracional de alta energia e temporária paralisia física durante a separação; isso é freqüentemente acompanhado de um som contínuo ou um som alto e forte. Esses sons e
sensações normalmente se dissipam após a completa separação.

3) Como é que é o ambiente fora do corpo?
R. O ambiente físico percebido depende da freqüência vibratória (densidade) do participante. Muitos informam um ambiente igual ao nosso ambiente físico. Esse ambiente não corresponde necessariamente ao imediato ambiente físico.

4) Quanto tempo leva uma pessoa a ter EFCs?
R. Cada pessoa é diferente; entretanto, uma ampla porcentagem de indivíduos que pratica técnicas diariamente informa ter tido experiências em menos de trinta dias.

5) Por que deveriam as pessoas investir tempo e esforço na exploração de EFCs?
R. A única maneira de se conhecer alguma coisa integralmente é a experiência pessoal; qualquer coisa a menos é teoria, especulação e crença. A exploração ou busca de EFCs nos oferecem oportunidades únicas de experimentar e explorar além dos limites dos nossos sentidos físicos. Dá-nos a habilidade de obter conhecimento em primeira mão de nossa própria existência.

6) Como será a aparência de meu novo corpo?
R. Muitas pessoas relatam como sendo uma duplicata de alta energia do corpo físico. A forma que nós experimentamos é um resultado direto de nossas expectativas e crenças. Em geral, a maioria das pessoas se verá como elas se vêem no mundo físico.

7) Terei eu capacidade de ver, ouvir e sentir como eu faço agora?
R. Em suas primeiras explorações fora do corpo, você provavelmente experimentará o ambiente ao seu redor como semelhante ao percebido no mundo físico. Nossas capacidades de percepção estão ligadas às nossas expectativas; quanto mais abertos e receptivos estivermos para as percepções além dos sentidos físicos, mais disponíveis ficarão essas capacidades ampliadas. Por exemplo, algumas pessoas relatam possuir uma visão de 360°, capacidade auditiva ampliada e capacidade de ler pensamentos.

8) Durante minhas EFCs, eu às vezes me sinto fora de sintonia e tenho dificuldade de ver e me mover. Como posso superar essa limitação?
R. Isso é um item muito citado. Para aumentar sua visão, lucidez e mobilidade, simplesmente diga com firmeza para você mesmo (a) (verbalmente ou mentalmente), como que exigindo de você mesmo(a) que sua completa consciência esteja presente: "Consciência total agora!", "Lucidez agora!", "Estou lúcido!". Qualquer habilidade pessoal que você necessite melhorar em suas experiências fora do corpo pode ser obtida através de uma firme vontade. Repita com firmeza aquilo que você deseja e lembre-se de fazer cada solicitação com firme propósito, para obter resultados imediatos.

9) Uma EFC mudará minhas crenças religiosas?
R. De acordo com um estudo aprofundado, envolvendo 350 participantes, publicado em 1992 pelo Dr. Melvin Morse, "A Experiência Fora do Corpo não parece alterar os valores professados pelos participantes". Muitas pessoas relatam que tiveram suas crenças religiosas confirmadas e fortalecidas pelas Experiências Fora do Corpo.

10) O que é a luz radiante tão freqüentemente mencionada durante as EFCs?
R. Essa é uma luz de alta freqüência das dimensões interiores, sendo vistas por alguém que não esteja acostumada com seu brilho. A luz é comumente vista emanada da entrada de um túnel.

11) O que é a aura humana?
R. A aura é um campo energético emanado por todas as coisas vivas.

12) O que é o efeito de túnel relatado nas Experiências de Quase Morte?
R. É a abertura da primeira membrana energética interior. Isso ocorre automaticamente quando uma pessoa morre e se move para o interior do universo multidimensional. O túnel se fecha, imediatamente, após o indivíduo passar para a outra dimensão.

13) O cordão de prata bíblico realmente existe?
R. O conceito bíblico do cordão de prata é correto. De acordo com minhas observações, não é verdadeiramente um cordão, mas uma substância fina e fibrosa, semelhante em aparência a uma teia de aranha. O cordão de prata parece funcionar como uma conexão entre o corpo físico e o corpo energético de todas as formas vivas. Embora sua função completa seja desconhecida, é lógico que esse cordão age como um conduto energético interno. Uma coisa é certa: quando o cordão é rompido, a vida biológica termina.

14) Os animais têm alma?
R. Certamente. Sem alma (energia consciente) nenhuma criatura viva pode existir. Para ser mais exato, a alma possui e utiliza o veículo biológico, e não o contrário.

15) Qual é o propósito de existência física?
R. A existência física nos permita aprender com a experiência, experimentação. A dimensão física é um ambiente molecular com movimentos retardados, ideal para o treinamento da consciência em desenvolvimento. Os desafios pessoais que encontramos em nossa vida biológica são as lições de que precisamos para o nosso aprimoramento. Nós aprendemos vivenciando, fazendo, experimentando em primeira mão.

16) Como posso determinar a dimensão ou nível de energia que eu estou explorando?
R. Em geral, quanto mais semelhante for o ambiente em que você está com o ambiente físico, mais perto você está da dimensão física. À medida que você eleva seu padrão vibratório, você automaticamente se moverá para dentro de dimensões não-físicas. Os ambientes percebidos se tornam progressivamente menos densos e progressivamente mais sensíveis às forças do pensamento, à medida que você se move para dimensões para além da matéria.

17) As EFCs podem ser prejudiciais?
R. Não. Elas são experiências naturais, citadas em todas as culturas e sociedades do mundo. Ao longo de vinte anos de pesquisas pessoais, eu nunca ouvi alguém ser prejudicado ou se machucado de qualquer forma.

18) Drogas podem induzir EFCs?
R. A chave para uma EFC válida e produtiva é o absoluto controle e foco mental. Sem o controle mental completo, as realidades interdimensionais experimentadas durante as EFCs não podem ser perfeitamente distinguidas das alucinações criadas ou pura imaginação. O controle é a chave para experiências produtivas e significativas, e o controle é a primeira coisa que se perde quando se usa qualquer tipo de substância que altere a mente. Eu acredito firmemente que os exploradores e experimentadores não deverá utilizar drogas. Por que contaminar o veículo biológico, se os resultados podem ser atingidos naturalmente?

19) É possível que não ache meu caminho de volta ao corpo físico?
R. Não. Em milhares de experiências relatadas, não há evidência documentada de tal fato. Nós, instantaneamente, retornamos com o menor pensamento sobre o corpo físico.

20) Pode meu corpo ou mente ser possuído quando eu saio do corpo?
R. Não. Sempre há energia interativa conectando o corpo físico e o nosso corpo energético.

21) Qual é a opinião oficial da Igreja sobre as EFCs?
R. A igreja Cristã não possui um ponto de vista oficial e unificado sobre as explorações fora do corpo. Eu tenho encontrado uma ampla variedade de opiniões sobre esse tema. Muitos teólogos consideram as experiências fora do corpo como uma bênção espiritual única - uma confirmação pessoal de sua fé e crenças religiosas. Outros estão perplexos e não sabem onde as experiências fora do corpo podem encaixar em seus sistemas de crenças. Uns poucos estão inclinados a sentir medo de qualquer fenômeno que eles não conheçam e automaticamente classificam as experiências fora do corpo como algo que deve ser evitado. Hoje, um número crescente de teólogos considera as explorações fora do corpo como uma profunda experiência espiritual e uma sólida verificação pessoal da imortalidade.

22) Toda vez que sinto que estou para sair fora do corpo, uma onda de intenso pavor toma conta de mim. Como posso superar isso?
R. Essa onda de pavor é comum, uma resposta instintiva a uma nova experiência. Uma das melhores maneiras de superar isso é começar imediatamente repetir para si mesmo(a) afirmações de segurança como "Estou salvo e seguro", "Estou protegido", "Estou calmo e seguro".
Qualquer afirmação positiva que auxilia o relaxamento e o sentimento de segurança será eficiente. À medida que você repete sua afirmação, comece a direcionar sua atenção para além do corpo físico. Isso pode ser facilmente atingido ao pensar em qualquer área de sua casa ou dizendo para você mesmo (a) "Eu flutuo para além do meu corpo". Após duas ou mais experiências bem sucedidas, seu medo irá diminuir e futuramente
desaparecer.

23) A exploração fora do corpo é segura para qualquer pessoa?
R. Sim, com uma exceção. Qualquer pessoa que tenha tido problemas psicológicos agudos deverão evitar esse tipo de exploração. Em geral, as pessoas que têm dificuldade de lidar com suas realidades físicas podem somente complicar sua situação ao introduzir outras realidades em suas vidas.

24) Qual é o mais importante passo para se obter uma EFC completa e com total controle mental?
A chave é repetir a técnica de lucidez toda vez que sua consciência estiver fora de sintonia. "Lucidez agora!", "Consciência agora!".

- William Buhlman -

- Nota de Wagner Borges: William Buhlman é projetor consciente e autor de dois ótimos livros: "Aventuras Além do Corpo" (publicado no Brasil pela Editora Ediouro), e "O Segredo da Alma" (publicado no Brasil pela Editora Pensamento), que são obras de referência séria dentro do estudo das projeções da consciência.
O link para a página eletrônica do pesquisador americano é esse:
http://www.out-of-body.com/

Obs. Essa matéria foi extraída do site de William Buhlman e traduzida pelo pesquisador Lúcio Castro, participante das listas Viagem Astral e Voadores na Internet.

ImprimirEmail