Desdobramento, OVNIs e Esoterismo - Por quê?

Capítulo I

Por quê?

Sempre fui um curioso em assuntos espirituais, ou melhor dizendo: um não conformista com a situação. Não é possível que haja vida somente em nosso Planeta, que vivamos só uma vez na Terra, que em uma vida de 20, 30 ou 90 anos recebamos ao terminá-la um paraíso permanente ou um inferno infinito. Cheio de questionamentos como muitos, freqüentei centros, li livros espíritas, tornei-me ainda insatisfeito, como alguém que gostasse da água e, tendo lido vários livros sobre natação, nunca tivesse entrado em uma piscina. Nessa época, 1977 aproximadamente, assisti a uma palestra pela televisão sobre um curso de desdobramento; inscrevi-me nele e a partir daí não mais parei de ler, ouvir conferências e freqüentar cursos sobre o assunto: desdobramento, viagem astral, projeção fora do corpo, viagem de Alma, etc.

Por que saída do corpo?

As respostas são muitas:

  • Para pormos em prática o que nos é dito nos livros: que temos outros corpos mais sutis, corpo astral, causal, mental, Alma. A classificação desses corpos varia de escola para escola.
  • Para, freqüentando as escolas nas outras dimensões (existem "n" dimensões) ou planos, possamos ter um desenvolvimento mais rápido com os recursos fabulosos das formas criativas de pensamentos.
  • Visão micro e macroscópica, verificação (checagem) de nosso corpo físico com penetração visual (tipo raio X).
  • Movimentação com a velocidade do pensamento, superior a qualquer tipo por nós conhecida.
  • A prova real da existência da Alma, que somos algo mais que o corpo físico, que a morte não é nada mais que uma mudança de plano.

Imprimir Email