Fora do corpo

Como Entrar em Transe

Faça o exercício de relaxamento e acalme sua mente com o exercício de percepção da respiração. Imagine que você está descendo uma escada no escuro. Não visualize uma escada, apenas imagine que você pode se sentir fazendo isso. Na expiração, sinta-se descendo um ou dois degraus com suas mãos imaginárias. Na inspiração, sinta-se agarrando na escada. O que é necessário é um efeito mental de queda dentro de sua mente. Isso modifica o nível de atividade das ondas cerebrais do nível alerta (Beta) para o nível de sono (Alfa), ou para o nível de sono profundo (Teta). Uma vez que o nível de atividade das ondas cerebrais alcance Alfa você entrará em transe. Mantenha-se fazendo isso por quanto tempo for necessário. O tempo necessário para entrar em transe irá variar, dependendo da sua experiência com relaxamento profundo e tranqüilidade mental.

Nota: Assim que conseguir a sensação de peso, pare o exercício de queda mental.

Se você não gostar da escada, imagine que você está em um elevador, sinta-se descendo na expiração e parado na inspiração. Ou, imagine que você é uma pena, sinta-se flutuando para baixo na expiração e parado na inspiração. Como eu afirmei acima, você precisa de um efeito mental de queda para diminuir o nível de atividade de suas ondas cerebrais. Esse efeito mental de queda, quando combinado com relaxamento profundo e tranqüilidade mental, fará com que você entre no estado de transe. Sinta-se livre para utilizar qualquer cenário com que seja familiar para causa essa sensação de queda.

Em transe parece que: Tudo fica mais calmo e você sente como se estivesse em um lugar muito maior. Tudo parece diferente. Parece um pouco como colocar uma caixa de papelão sobre a sua cabeça no escuro, você pode sentir a atmosfera mudar. É como se tudo ficasse indistinto ou ligeiramente manchado. Quaisquer ruídos agudos, enquanto em transe, se parecem como um sopro físico no Plexo Solar.

Imprimir Email