Fora do corpo

A Estimulação dos Chakras

Abrindo um chakra: Suas mãos imaginárias são usadas para isso. Imagine que você está abrindo um rolo de massa de pão no local de um chakra quando for pedido para fazer isso. Você não tem que visualizar nada, apenas sentir como se estivesse fazendo isso, conforme estivesse fazendo na vida real sem olhar para aquilo que estiver fazendo.

Chakras são centros não físicos, então você necessita de um método não-físico para estimulá-los. Isto é obtido pela focalização de sua consciência na área de um chakra e pela utilização de sua mente para manipulá-lo. Você precisa de um efeito mental de abertura localizado em um chakra para estimulá-lo; essa ação de abertura, com suas mãos imaginárias, fornece-o. Movendo seu ponto de consciência para a localização de um chakra e causando um efeito mental de abertura com as mãos, fará com que você esteja estimulando diretamente o chakra.

Nota: Faça o exercício de obtenção de energia, conforme acima, antes de estimular os chakras. Use a percepção da respiração para ajudar suas mãos imaginárias a puxar energia para dentro de cada chakra. Exp.: puxe energia para cima durante a inspiração e mantenha-a na mesma posição durante a expiração, com todos os exercícios de estimulação dos chakras abaixo.

1) Chakra base: Puxe energia para cima até o seu chakra base. Use suas mãos para abri-lo. Puxe energia para dentro do chakra base. Repita esse primeiro passo, completamente, sete vezes.

2) Chakra do baço: Puxe energia dos pés, através do chakra base e continue até o chakra do baço. Abra o chakra do baço. Repita isso três vezes, começando nos pés.

3) Chakra Plexo Solar: Puxe energia dos pés, através dos chakras base e do baço e continue até o chakra Plexo Solar. Abra o chakra Plexo Solar. Repita isso três vezes, começando pelos pés.

4) Chakra cardíaco: Puxe energia para cima a partir dos pés, através dos chakras base, do baço e Plexo Solar e continue até o chakra cardíaco. Abra-o. Repita isso três vezes, começando pelos pés.

5) Chakra da garganta: Puxe energia para cima a partir dos pés, através dos chakras base, do baço, Plexo Solar, cardíaco até o chakra da garganta. Abra o chakra da garganta. Repita isso três vezes, começando pelos pés.

6) Chakra da testa: Puxe energia dos pés, através dos chakras base, do baço, Plexo Solar, cardíaco, da garganta para o chakra da testa. Abra o chakra da testa. Repita isso três vezes, começando pelos pés.

7) Chakra da coroa: Puxe energia para o chakra da coroa conforme no passo anterior. Abra o chakra da coroa. Este chakra é muito maior que os outros (todo o topo da cabeça, acima do couro cabeludo). Imagine que você possui uma massa de pão muito maior dentro do topo de sua cabeça e que está abrindo-a com as mãos, ou como se estivesse abrindo o couro cabeludo. Repita o processo inteiro duas vezes, começando pelos pés.

Nota: Faça o melhor possível para não contrair quaisquer músculos durante esses exercícios. Você pode, entretanto, sentir uma ligeira contração interna, uma sensação que não é muscular enquanto estimula seus chakras. Essas são as glândulas e nervos, ligados aos chakras, se contraindo em resposta ao estímulo. Essa contração interna é normal.

O chakra base ou raiz, é um chakra mestre e é O MAIS IMPORTANTE DE SE ATIVAR. Este chakra é a porta de entrada para a energia Kundalini. A não ser que esteja suficientemente aberto, a energia não consegue fluir para dentro dos outros chakras. Eu sugiro que você concentre a maior parte de seu tempo e energia a fim de estimular o chakra base, pelo menos nos primeiros estágios de desenvolvimento dos chakras.

Nota: Quando eu comecei, pela primeira vez, a obter energia e a desenvolver meus chakras, a muitos anos atrás, eu não senti qualquer sensação durante vários messes. Embora muitas pessoas tenham relatado a mim que sentiram uma forte energia e a sensação do chakra na primeira vez que usaram-nos. Algumas pessoas tem atividade mais natural dos chakras do que outras. A falta de qualquer sensação, entretanto, não irá impedi-lo de estimular e desenvolver os chakras, mesmo se, como foi meu caso, você não sentir nada no início. Eu não tinha qualquer atividade natural dos chakras ou qualquer habilidade psíquica natural quando eu comecei, pela primeira vez, o trabalho com energia.

Imprimir Email