1541 - HÁ ALGO MAIS... UM AMOR, UMA LUZ. - CXVII*

1541 ha algo mais uma amor uma luz cxvii
 
HÁ ALGO MAIS... UMA AMOR, UMA LUZ. – CXVII*
(Uma Canção a Pedido dos Espíritos da Casa das Estrelas)
 
Existe um caminho cheio de Luz...
Mas não é no espaço de fora,
E nem em templo algum.
O paraíso é um estado de consciência.
Há um Amor. Há uma Luz.
Há algo mais...
Olhe dentro do seu coração...
E veja quantas estrelas!
Além dos seus sentidos comuns...
E das coisas do mundo, a Vida pulsa sempre!
Escute a canção das esferas...
Que começa no âmago do infinito.
Lá, onde retumba o canto dos espíritos...
Canto de Vida, sempre!
Por favor, escute com seu coração.
Pois, eles vivem... eles vivem... eles vivem!
 
P.S.:
Eu vi os espíritos além da linha do horizonte...
Eles me disseram, com clareza e alegria:
“Novamente, escreva algo mais...
Algo que levante o véu da dor.
Algo que seja como uma canção.
Algo terno e lindo, que verta paz.
Algo que o seu próprio coração lhe disser.
Algo simples, que acalente a outros corações.
Algo que esclareça sem ferir.
Algo que você sentir...”
Então, eu fiz essa pequena canção.
Porque há algo mais...
Um Amor, uma Luz.
(Eu não sei mais o que dizer.
Eu só sei sentir... e escrever.
E, assim, eu sou feliz.
Nesse algo mais... em meu coração.
Que canta o infinito com alegria.
Ah, eles vivem, sim!)
 
Gratidão.
Admiração.
Paz e Luz.
 
(Dedicado ao Grande Espírito.)
 
- Wagner Borges – mestre de nada e discípulo de coisa alguma.
São Paulo, 2 de janeiro de 2017.
 
- Notas:
* Esse texto fará parte do segundo volume do livro “Há Algo Mais... Um Amor, Uma Luz”. 
Obs.: o primeiro volume do livro está disponibilizado para download gratuito no site do IPPB – www.ippb.org.br
** Enquanto eu passava essas linhas a limpo, rolava aqui no meu som a linda canção “Paradise” – da banda americana de pop/rock Styx. Ah, quantas vezes eu escutei essa música ao longo de minha vida... E tantas vezes me admirei e escrevi diversos textos ouvindo-a. Então, deixo, na sequência, o link do Youtube para quem quiser apreciar essa linda canção.
Styx:

Texto <1541><08/02/2017>

ImprimirEmail