O PRESENTE – UM PEDACINHO VIVO DA NATUREZA

(Um Toque da Companhia do Amor Sobre a Amizade Incondicional)

Recentemente, você adquiriu um cachorro e se afeiçoou a ele.
E descobriu que o bichinho tem personalidade própria e apresenta emoções bem definidas. Ele brinca, rosna, faz birra e quer mandar no território.
Ou seja, parece gente, não é mesmo?
Agora, falando bem claro, é mais interessante para você “estar com o cachorro, do que ele estar com você”. Isso porque ele tem a natureza dele e, de um jeito ou de outro, aprende o que precisa. Mas, você, está aprendendo algo novo ao lidar com ele. E o seu coração ficou mais luminoso.
Então, agradeça ao Papai do Céu por ter lhe dado a chance de compartilhar amor com um bichinho. Por Ele ter feito seu caminho se cruzar com o destino do cão, para progresso e benefício de ambos.
Por Ele ter lhe emprestado, por um tempo de vida, um pedacinho vivo da natureza, para fazer seu coração brilhar mais.
O Papai do Céu é o Cara!

- Companhia do Amor* –
A Turma dos Poetas em Flor.
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges - Porto Alegre, 15 de julho de 2009.)

- Nota de Wagner Borges (escrita em 21 de abril de 2010): Rama é um cãozinho de um ano de idade, da raça Yorkshire Terrier, de cor escura mesclada com tons claros. Comprei o bichinho para a Maria Luz, minha filha caçula, mas ele acabou ficando comigo, no meu apartamento. E se tornou um parceirinho muito legal. E hoje eu agradeço ao Grande Arquiteto Do Universo, por ter me dado a oportunidade de interagir meu coração com esse amiguinho da natureza e, assim, poder aprender com ele a arte da amizade incondicional.
Valeu, Papai do Céu!

- Nota do Texto:
* A Companhia do Amor é um grupo de cronistas, poetas e escritores brasileiros desencarnados que me passam textos e mensagens espirituais há vários anos. Em sua grande maioria, são poetas e muito bem humorados. Segundo eles, os seus escritos são para mostrar que os espíritos não são nuvenzinhas ou luzinhas piscando em um plano espiritual inefável. Eles querem mostrar que continuam sendo pessoas comuns, apenas vivendo em outros planos, sem carregar o corpo denso. Querem que as pessoas encarnadas saibam que não existe apenas vida após a morte, mas, também, muita alegria e amor.
Os seus textos são simples e diretos, buscando o coração do leitor.
Para mais detalhes sobre o trabalho dessa turma maravilhosa, ver os livros "Companhia do Amor - A Turma dos Poetas em Flor – Volumes 1 e 2" - Edição independente - Wagner Borges, e sua coluna no site do IPPB (que é uma das seções mais visitadas no site): www.ippb.org.br.

ImprimirEmail