O TEMPO

Desde quando o primeiro homem se questionou: "Há quanto tempo existe o tempo?" Este homem levou um tempo questionando isto, e, ao aperceber-se do fato, ele criou a noção do tempo na Terra.
 
Desde então, já passou-se muito tempo e ainda passará bastante tempo até o homem tomar consciência realmente de que o tempo não existe. Só que para chegar a esse raciocínio, o homem precisa de tempo para pensar nisso. Enquanto ele vai pensando no tempo, ao mesmo tempo, o tempo vai passando e seu corpo vai envelhecendo. No tempo certo, a morte aparece e lhe diz que seu tempo acabou. Ele desencarna, passa para o Além e continua estudando o mistério do tempo. No tempo certo, a vida aparece e lhe diz que seu tempo livre no Espaço acabou. Ele reencarna, veste uma roupa de carne para mais um tempo no planeta Terra, e continua questionando quem é o tempo.

Como sempre, o tempo continua passando, na Terra ou no Além, sem lugar para qualquer espécie de questionamento.

O tempo não se importa com as várias teorias formuladas sobre ele. Inclusive, ele, o tempo, sabe que há mais por vir, basta que haja tempo para isso. E isso, ele sabe que tem de sobra, pois existe desde o início dos tempos e tem muita experiência acumulada.

Uma coisa é certa: o tempo traz consigo a oportunidade da experiência evolutiva para todos os seres. Independentemente de qualquer avaliação intelectual, o tempo porta uma mensagem evolutiva que só os seres mais experientes conhecem:

EM QUALQUER TEMPO, É SEMPRE TEMPO DE CRESCER!

- Cia. do Amor -
(A Turma dos Poetas em Flor)
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges)


Texto <30><09/07/1998>

ImprimirEmail