PROJECÕES DA CONSCIÊNCIA: TEMPORÁRIAS E DEFINITIVAS II

(Toques Espirituais da Cia. do Amor Para os Interessados nas Saídas do Corpo)

Alerta extrafísico: tem muito trambolho saindo do corpo para tentar aprontar no Astral!

Como se não bastasse embaçar a vida carnal durante o dia, ainda querem sair do corpo para fazer o mesmo no Astral.

Querem voar alto, mas não conseguem, pois carregam muita tralha emocional dentro do coração. São andarilhos embaçados e perdidos na noite de seus desvarios.

Portam corpos espirituais enferrujados, feios, que revelam a carga suja que carregam por dentro de si mesmos.

Querem lucidez fora do corpo, mesmo sem fazer nada para melhorar a própria durante a vigília. Sonham em encontrar mestres no Além, mas, sequer se encontraram consigo mesmos e com a própria vida.

Querem sempre uma mensagem nova, mesmo sem ter prestado atenção às antigas.

Cobram técnicas e recursos novos, mas se esforçam tão pouco e desistem tão facilmente...

Se pudessem, sairiam de seus corpos para dar uma bronca em seus guias espirituais, pois, segundo seu raciocínio embaçado, o pessoal extrafísico teria que ajudá-los em suas pretensões projetivas.

Só que acontece justamente o contrário: os guias é que ficam loucos para dar uma bronca na leviandade desse pessoal encardido.

* * *
E agora, vamos revelar um segredo do Astral.

Leitores, prestem atenção! A galera da Cia. do Amor detona mesmo!

Mas sempre visando espetar o raciocínio das pessoas com toques contundentes e inteligentes.

A revelação é a seguinte: alguns guias espirituais reforçam aquele campo energético que envolve o corpo físico da pessoa embaçada. Isso para bloqueá-la na Terra mesmo.

Para evitar que ela tente aprontar no Astral também.

A pessoa sai do corpo, mas fica emaranhada dentro da aura do corpo, sem conseguir escapar do raio de ação do duplo energético da Terra.

Ali dentro ela sonha e tem pesadelos, ruminando no pasto psíquico de sua própria mente embaçada. E isso evita que ela fique zanzando por aí atrás de interesses embaçados.

É isso aí, moçada: tem guia espiritual que prende os caras cinzentos na carne. São “amarradores de zumbis”, se é que posso dizer assim.

Logo, parabéns para eles, que mantêm esse pessoal dentro do lixão psíquico deles mesmos.

* * *

Leitores, fiquem espertos (e despertos).

Estudem e trabalhem bem... Sem dar mole!

Para sorte de vocês, também há a galera dos guias liberadores, que são feras no manejo das projeções dos encarnados. E eles são craques nisso!

Mas são espertos (e despertos) e conhecem bem o que cada um é, e as intenções que vão dentro do coração. Eles ajudam mesmo, desde que vejam na pessoa boa vontade de melhorar, crescer e aprender.

Aí, como em tudo na vida, é questão de sintonia espiritual.

Quem quer boas projeções, que abra a consciência para coisas boas.

Quem quer voar bem alto, que eleve os pensamentos.

Quem quer beijar as estrelas, que encha o coração de amor.

E quem quer ficar bem, que faça o Bem!

E não é só a galera da Cia.do Amor que diz isso; todos os espíritos que se respeitam, respeitam a vida e o Papai do céu, dizem o mesmo.

E, por falar Nele, o Cara mais legal da imensidão da vida, lembramos aos leitores que felicidade e amor são estados de consciência de cada um.

Quem quer encontrar o Papai do céu, que encontre, primeiramente, a si mesmo e se compreenda.

* * *

Aqui na Cia. do Amor não tem onda ruim, só toques legais, sempre em nome do Papai do céu, o nosso único chefe. É Ele que nos autoriza a escrever, para desembaçar o astral da galera encarnada.

O mantra de hoje é: “OM DESEMBAÇAR OM!”

Vamos nessa!



- Cia.do Amor** –

A Turma dos Poetas em Flor.

(Recebido espiritualmente por Wagner Borges – Curitiba, 02 de outubro de 2006).

* A primeira parte desse texto foi postada como texto 741 e pode ser acessada na seção de textos periódicos do site do IPPB – www.ippb.org.br

Obs.: Ambos os textos fazem parte do livro “Companhia do Amor - Vol. 2”, recém-lançado no IPPB (edição independente).

** A Cia. do Amor é um grupo de cronistas, poetas e escritores brasileiros desencarnados que me passam textos e mensagens espirituais há vários anos. Em sua grande maioria, são poetas e muito bem humorados. Segundo eles, os seus escritos são para mostrar que os espíritos não são nuvenzinhas ou luzinhas piscando em um plano espiritual inefável. Eles querem mostrar que continuam sendo pessoas comuns, apenas vivendo em outros planos, sem carregar o corpo denso. Querem que as pessoas encarnadas saibam que não existe apenas vida após a morte, mas, também, muita alegria e amor.

Os seus textos são simples e diretos, buscando o coração do leitor. Para mais detalhes sobre o trabalho dessa turma maravilhosa, ver os livros "Cia. do Amor - A Turma dos Poetas em Flor – Volumes 1 e 2" - Edição independente - Wagner Borges, e sua coluna no site do IPPB (que é uma das seções mais visitadas no site): www.ippb.org.br

ImprimirEmail