RABUGICES – CARGAS NA MENTE

(Falando Daquelas Lamúrias que Nada Resolvem, na Lata!)

São tantas pessoas tristes!
Algumas, cheias de rabugice.
Outras, com muita má vontade.
E isso independe da idade.

É estado de consciência de cada um.
É a medida de como se vê o mundo.
É a vida que cada um leva...
É a carga que se carrega na mente.

Mas, o planeta é lindo, e a vida segue...
E as lições se sucedem, a toda hora.
O tempo chega e cobra seu preço em rugas.
E o rabugento se curva.

Quem trata mal aos outros, que se cuide!
Rabugice não tem idade, é estado de consciência.
Quem reclama muito, perde o foco da vida.
E se perde nas lamúrias que gera.

P.S.: O Ministério da Saúde adverte: RABUGICE É PREJUDICIAL À SAÚDE E DETONA A ALEGRIA DE VIVER!

- Cia. do Amor* –
A Turma dos Poetas em Flor.
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges – São Paulo, 24 de setembro de 2006).

* A Cia. do Amor é um grupo de cronistas, poetas e escritores brasileiros desencarnados que me passam textos e mensagens espirituais há vários anos. Em sua grande maioria, são poetas e muito bem humorados. Segundo eles, os seus escritos são para mostrar que os espíritos não são nuvenzinhas ou luzinhas piscando em um plano espiritual inefável. Eles querem mostrar que continuam sendo pessoas comuns, apenas vivendo em outros planos, sem carregar o corpo denso. Querem que as pessoas encarnadas saibam que não existe apenas vida após a morte, mas, também, muita alegria e amor.
Os seus textos são simples e diretos, buscando o coração do leitor.
Para mais detalhes sobre o trabalho dessa turma maravilhosa, ver o livro "Cia. do Amor - A Turma dos Poetas em Flor" - Edição independente - Wagner Borges, e sua coluna no site do IPPB (que é uma das seções mais visitadas no site): www.ippb.org.br

ImprimirEmail