SACUDINDO A GALERA

Dizem que o nome esotérico de Francis Bacon é "Chico do Toucinho".

Por isso, Shakespeare “espirrava” tanto.

 

Renée Descartes cunhou a famosa frase: “Penso, logo complico!” – E isso não é uma frase “descartável”.

E Newton, discípulo do personagem bíblico “Isaac”, disse: “Adão não comeu a maçã, pois ela caiu em cima da minha cabeça!”

A Eva engravidou e, como dizia Botticelli: “Foi a cobra que comeu!”

Galileu Galilei quase virou churrasco da inquisição, só porque disse que a barriga do Papa comilão era redonda.

Copérnico e Kepler não ficaram atrás, e disseram: “As estrelas brilham tanto, mas o clero é tão escuro.”

Dante Alighiere é que foi esperto. Fez a “Divina Comédia” e encheu de luz a treva da Europa medieval.

Leonardo da Vinci foi profeta e visionário fantástico. Foi ele que disse: “Sou da Vinci, e só no Século XX é que me entenderão.”

Daí veio o Nostradamus e profetizou: “A laranja vai virar suco! Dá-lhe, Brasil!”


- Cia. do Amor - A Turma dos Poetas em Flor.
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges - São Paulo, 10 de junho de 1998).

- Nota de Wagner Borges: Este texto é uma brincadeira dos espíritos da Cia. do Amor. Tem um ar bem carioca e foi recebido num quadro de aula, diante de 190 pessoas, pouco antes do início de uma palestra. Um dia antes, a seleção brasileira de futebol havia derrotado a seleção holandesa nos pênaltis em partida pela Copa do mundo da França de 1998.

ImprimirEmail