SECA DO CORAÇÃO

A pobreza do nordeste não é coisa de Deus, é coisa dos homens mesmo.

O destino não é cruel, mas o preconceito é!
Basta dizer no Sul que você é nordestino, que logo olham para você meio cruzado, como se a culpa da miséria fosse sua. Dizem que o nordestino é sonso e não presta. Porém, nós não mandamos em Brasília.

SECA DO CORAÇÃO

A pobreza do nordeste não é coisa de Deus, é coisa dos homens mesmo.

O destino não é cruel, mas o preconceito é!
Basta dizer no Sul que você é nordestino, que logo olham para você meio cruzado, como se a culpa da miséria fosse sua. Dizem que o nordestino é sonso e não presta. Porém, nós não mandamos em Brasília.

Podemos não ter tanta cultura quanto os do Sul, mas temos uma bravura sem igual.

Afinal, somos um povo batalhador. Sem nós, não haveria metrô nem tanto prédio construído por aí.
Por isso, pedimos aos nossos irmãos do Sul que não nos castiguem com o preconceito.

Respeitem-nos pois também somos brasileiros e filhos do mesmo Deus.

* * *

Há corações ácidos que espetam
Mais do que cactos.
Ironizam a vida do sertanejo
E zombam de sua dor.
Essa é a seca que dói mais,
Pois é a "seca do coração".

* * *

Aos coronéis, políticos e manipuladores do sofrimento popular, devemos avisar o seguinte: nas ondas da reencarnação, quem manda hoje, obedecerá amanhã.

* * *

Se cada um colhe o que planta,
Então é bom tomar cuidado,
Pois quem tem a seca do coração
Instalada no próprio peito,
Está sujeito ao "pó do sofrimento"
A qualquer momento.

- Cia. do Amor - (A Turma dos Poetas em Flor)
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges; São Paulo, 01 de agosto de 1995)


ImprimirEmail