UM POUCO DE SABER

Conhecer não é saber. 
Saber é algo mais do que isso.

É transcender o que se é
para vislumbrar aquilo que pode ser.

É levantar a consciência acima do intelecto
e deixar a intuição fundir-se na informação.

Saber é capturar a atmosfera daquilo que se quer saber
para dentro daquilo que se é.

É romper as amarras do ego e vencer a si mesmo.

Alguns acham que sabem tudo.

Outros acham que não sabem nada.

Na verdade, não há ninguém, exceto o Criador,
que saiba tudo.

E não há ninguém que não saiba nada.

Todos nós sabemos alguma coisa
e não sabemos muito mais coisas.

Por isso, conhecer não é saber,
pois aquilo que se conhece é bem pouco
perante aquilo que não se conhece ainda.

Saber mesmo é ter a noção correta
daquilo que se conhece
e daquilo que pode vir a conhecer.

Em outras palavras,
saber é saber que não se sabe,
mas que se pode saber um dia,
o que é o verdadeiro saber.

- Vidigal - *
(Recebido espiritualmente por Wagner D. Borges)


* Vidigal: É um dos espíritos da Cia do Amor, a Turma dos Poetas em Flor. Esse grupo extrafísico é composto por poetas e escritores brasileiros que me passam mensagens há vários anos. Em breve, publicarei seus textos no livro "Viagem Espiritual Vol. 4".

ImprimirEmail