Expansão da Consciência

- Por Paramahamsa Yogananda -
 
No calor da sabedoria, queimo minhas paixões infantis.
Vencendo a limitação espacial, expando minha consciência e aumento meu amor por Deus.
Como uma bola de neve, que vai descendo a encosta e crescendo cada vez mais com seu movimento, rolo pelo Universo e cresço cada vez mais em meu amor, expandindo minha consciência.
Com amor imperecível, busco a luz maior, fonte da minha existência.
A Força Divina que me move e é a mesma que move bilhões de galáxias. Macrocosmo e microcosmo transformam-se em um só na consciência expandida.
Meu amor viaja em uma velocidade inconcebível em direção às estrelas. Meu pensamento integra-se com as correntes universais. Toco levemente meu sentimento e penetro em um oceano de luz.
Compreendo minhas limitações como pequeno espírito em evolução. Mas, além dessas limitações, sou uma fagulha viva de um amor imenso que a tudo preenche.
Nessas expansões de alma, comungo com Deus e beijo as estrelas. Minha nave é minha consciência. Minha vontade firme é o motor propulsor, que arremessa meu espírito na rota cósmica do amor divino.
Miríades de estrelas vibram no oceano do meu amor.
As galáxias curvam-se perante meu olhar de luz.
Vejo a Terra bem pequenina e abençôo toda a humanidade com um abraço de luz.
Como um sol de amor, irradio minha luz, para dissipar as ilusões infantis dos meus queridos irmãos terrenos.
Na esteira luminosa do meu amor, deslizo rumo a Deus.
 
Paz e Luz!
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges - Texto extraído do livro "Viagem Espiritual - I" - Editora Zennex - 1993.)

Textos selecionados de Yogananda nesta seção:

ImprimirEmail