Sussurros à Mãe Divina

- Por Paramahamsa Yogananda -
 
Divina Mãe,
O amor que em Ti procuro sela as fendas da minha alma.
Reluzente é Teu sorriso e nele eu mergulho, desejando banhar-me nas ondas infinitas do Teu amor.
Inebriado de luz, coloco em prática Teu exemplo:
"Vibro amorosamente e convido as pessoas a mergulharem no interior do meu sorriso e vibrar comigo a satisfação de vibrar contigo o sorriso amoroso de Deus, vibrando em cada criatura".
 
Paz e Luz!
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges - Texto extraído do livro "Viagem Espiritual - I" - Editora Zennex - 1993.)

Textos selecionados de Yogananda nesta seção:

ImprimirEmail