VIDA-ROSA

Todos que reencarnam ganham uma bela rosa de presente chamada VIDA.

Há pessoas que vivem nas pétalas macias, contemplando e admirando sua beleza e perfume sattvicos.*

Porém, outros permanecem em seus espinhos, pois suas preocupações não permitem que as pétalas sejam vivenciadas. Reclamam, resmungam e xingam, apesar da essência da rosa neles.

Acham-na muito dolorosa e injusta, apenas há espaço para dor, sofrimento e emoção desenfreada.

Insistem que a subida até o topo vai doer muito, e vagam na dor dos espinhos-carma.

De tanta infelicidade, após várias rosas-vidas murcharem-se, e não conseguir vislumbrar a beleza de suas pétalas, começa a escalada-dhármica.**

E quem sente ou está nas pétalas da bem-aventurança, inspira e motiva aqueles que almejam o perfume.

A vida por sua totalidade é uma rosa; espinho ou pétala, ainda é rosa!

Agradeça à benção da vida-rosa-presente e aproveite a oportunidade. Que cada um de nós possa viver guiado pela fragrância da compaixão, harmonia e caridade que a vida-rosa nos presenteia todos os dias, seja nos espinhos ou nas pétalas, desse jardim infinito chamado Universo.

- Afonso J. C. Santovito -


(Esse pequeno texto veio como inspiração após um trabalho de energia realizado em minha casa)

- Nota:
* Sattvicos (do sânscrito): Puros, equilibrados.
** Dhármica (do sânscrito): Virtuosa, Meritória, Responsável.

Imprimir