O PASSE ESPIRITUAL

- Por Frank -

Bebi do passe como quem tinha sede. Abri minha aura* e os meus chacras** para aquela menina acoplada mediunicamente com o seu preto velho; para aquela jovem que canalizava o amor de Aruanda.
Com os olhos fechados, tomei um banho de cachoeira sem pisar no mato; percebi que o passe energético, pouco a pouco, seguia limpando a sujeira psíquica que tinha se formado, que confundia minha mente e manchava minha alma.

Confesso que sempre encarei esses tais passes e "saravás" com descrédito; afinal, e se ela estivesse fingindo? Bem que poderia ser uma atriz, poderia estar encenando, poderia ser um truque para os olhos; mas o corpo não acompanhava a desconfiança da mente confusa. Os arrepios, as sensações e o bem-estar eram inegáveis.

Talvez tenha sido a Providência Maior, ou o Pai Oxalá que me guiara até aquele Terreiro de Umbanda, para me mostrar que as forças do amor estão presentes em todos os lugares, falam todas as línguas, basta chamar e ter força de vontade para ajudar.

A verdade é que o passe limpou mais que a minha alma, limpou também os meus preconceitos. Mesmo dias depois, ainda sinto o efeito da cachoeira de compaixão, e ainda ouço as palavras do preto velho, através da menina-médium, ecoando na minha aura, e dizendo pra mim, ao som das batidas do meu coração:

O AUXÍLIO É TUDO, A APARÊNCIA É NADA!"

São Paulo, 25 de outubro 2005.


- Nota de Wagner Borges:

Frank é o pseudônimo do nosso amigo Francisco, participante do grupo de estudos do IPPB e da lista Voadores. Depois de vários anos morando em Londres, ele voltou a residir em São Paulo, em fevereiro de 2005. Ele escreve textos muito inspirados e nos autorizou a postagem desses escritos. Há diversos textos dele postados em sua coluna da revista on line de nosso site e em nossa seção de textos periódicos, em meio aos diversos textos já enviados anteriormente. www.ippb.org.br



- Notas do texto:

* Aura (do latim): sopro de ar, campo energético, psicosfera.

** Chacras (do sânscrito): rodas de luz, centros energéticos, centros de força.

Imprimir Email