A HORA DE DEUS - por Sry Aurobindo

- Por Sry Aurobindo -

Há momentos em que o Espírito se move entre os homens e o alento do Senhor se espalha sobre as águas de nosso ser; há outros em que Ele se retira e os homens são abandonados para agir na força ou na fraqueza de seu próprio egoísmo. Os primeiros são períodos em que mesmo um pequeno esforço produz grandes resultados e mudam o destino; os segundos são espaços de tempo em que muito labor redunda em poucos resultados. É verdade que o último pode preparar o primeiro; pode ser a tênue fumaça do sacrifício que se eleva aos céus e clama pelas chuvas da benevolência de Deus.
Desgraçado é o homem ou a nação que ao chegar o momento divino encontra-se dormindo ou despreparado para usá-lo, porque a lâmpada não foi conservada acesa para o acolher e os ouvidos estão selados ao chamado. Mas três vezes maldito serão aqueles que, mesmo sendo fortes e estando prontos, gastam sua força ou usam mal o momento; para eles haverá perda irreparável ou uma grande destruição.

Na Hora de Deus purifica tua alma de toda ilusão e hipocrisia e da inútil vanglória de ti, para que possas olhar em teu espírito e escutar aquilo que chama imperiosamente. Toda insinceridade da natureza, que foi uma vez tua defesa contra o olho do Mestre e a luz do ideal, torna-se uma brecha em tua armadura e convida o golpe. Mesmo se tu conquistares por um momento, tanto pior para ti, porque o golpe virá depois e atirá-lo-á por terra no meio de teu triunfo.

Mas sendo puro, lança fora todo medo porque a hora é geralmente terrível, um fogo e um turbilhão e uma tempestade, as vindimas calcadas pela cólera de Deus. Porém aquele que se mantiver firme sobre a verdade de seu propósito, este permanecerá; mesmo que caia, ele se erguerá outra vez, mesmo que pareça arrebatado pelas asas do vento, ele retornará. E nem permita que a prudência terrena murmure muito próxima de teu ouvido, porque é a hora do inesperado. Não meças o poder do Sopro por teus sentimentos mesquinhos, mas tem confiança e seque em frente.

Mas acima de tudo, mantém tua alma límpida, se por um instante apenas, do clamor de teu ego. Então um fogo marchará diante de ti no meio da noite e a tempestade será teu auxílio e teu estandarte ondulará nas alturas supremas da grandeza que era para ser conquistada.


(Texto extraído do inspirado livro “Sabedoria de Sry Aurobindo” – Editora Shakti.)

- Nota de Wagner Borges: Sry Aurobindo (Índia, 1872-1950) foi um dos maiores mestres da Índia. O seu trabalho tornou-se conhecido como “O Yoga Integral”, porque, como ele dizia, “Toda vida é Yoga”. Para mais detalhes sobre os seus escritos inspirados, ver o excelente livro “Sabedoria de Sry Aurobindo” – Editora Shakti.

ImprimirEmail