MEDITAR PARA AGIR - por Eros

Fascinado pela Realidade Transcendente, o asceta abandonou o mundo que lhe parecia hostil e mergulhou em profunda meditação, no santuário da Natureza.
Direcionando o pensamento para a busca divina, logrou superar os condicionamentos corporais, passando a gozar da plenitude.
As viagens do desdobramento espiritual se lhe amiudaram - atendido por discípulos emocionados, que passaram a acompanhá-lo encarregando-se da manutenção das necessidades físicas, que se lhe tornaram mínimas - e, ao retornar, cada vez, mais exaltava o transe, preconizando o desprezo pela Terra.
Longos dias passava em meditação, realizando o milagre de viver no mundo e conviver com os Mestres nas Altas Esferas, volvendo sempre, mais triste e mais amargo, face aos seus limites humanos.
Num grande encontro espiritual defrontou venerando Mestre, que o esclareceu:
"Reencarnaste para viver no mundo e servir os homens. Recomeçaste a experiência para ajudar, daqui havendo partido com a tarefa de transformar o meio doente, no qual se movimentam as criaturas, Foste investido do dever de conduzir a esperança e acender as luzes da fé e do amor nos corações e mentes infelizes.
Certamente, o reconforto que experimentas na Vida Estuante é recompensa, que somente se Logra após a ação praticada e a Luta vencida.
Fugir do mundo é entorpecer o sentimento e anestesiar a razão.
Volta à convivência com os companheiros e dá-lhes o que tens conquistado. Ajuda-os a ascender. A meditação é um meio para alcançar-se a ação do bem, que é a finalidade superior da vida."
Após uma pausa, que se fez natural, o Mensageiro concluiu:
"Buscando a Realidade transcendente, ama o teu irmão caído e levanta-o, a fim de que, juntos, se ergam às cumeadas redentoras."
O asceta caiu das Regiões Felizes e, abrindo-se ao amor e à compaixão na Terra, tornou-se uma Lição viva de caridade e fé, descendo aos homens para aprender a subir a Deus, porque somente na ação se revelam os propósitos de todo aquele que diz crer.

- Eros* -
(Recebido espiritualmente por Divaldo Pereira Franco - Texto extraído do excelente livro "Em Algum Lugar No Futuro" - Divaldo Pereira Franco; Livraria Espírita Alvorada Editora).

* Eros: Benfeitora espiritual que adotou o pseudônimo de Eros (palavra grega que significa amor) para manter-se no anonimato.

ImprimirEmail