ALGUNS COMENTÁRIOS SOBRE SUPOSTOS PERIGOS NAS EXPERIÊNCIAS FORA DO CORPO

– por Wagner Borges – Ao longo dos anos em que estudo as saídas do corpo, tenho me deparado com o medo das pessoas sobre essa experiência tão legal. Devido à leitura de livros com abordagens bem antigas – ou até mesmo a doutrinação de algum grupo ao qual a pessoa pertence -, que mencionavam possíveis perigos extrafísicos, formou-se uma espécie de aura de mistério sobre o tema. Baseado nisso, foram criados muitos mitos em cima do tema. Uma hora, é o guru de alguém que diz para ela que sair do corpo é perigoso; em outro momento, é o livro do autor tal, que assevera que entidades pesadas irão assediar o projetor; e outros dizem que, enquanto a pessoa estiver projetada, é possível que um espírito entre em seu corpo, temporariamente abandonado, e possua o controle dele.
Daí, surgiram distorções do seguinte tipo: “Olha, cuidado. Não mexe com isso, não. Você sabia que muitas pessoas morreram durante saídas do corpo?” Ou algo assim: “Cuidado! Os espíritos trevosos podem cortar o seu cordão de prata (1) durante a saída do corpo!” Desde o meio da década de 1970, quando comecei a experimentar experiências fora do corpo (2) espontaneamente, venho lendo ou ouvindo muitos mitos sobre o tema. No entanto, jamais me deparei com os tais perigos propalados. Pelo contrário, o estudo e a prática das projeções da consciência me melhoraram muito como pessoa e me abriram novos horizontes conscienciais. Na verdade, há dois perigos reais e que quem desconhece o tema não tem noção: o primeiro deles é a própria ignorância sobre o assunto. Isso era compreensível, décadas atrás, mas, hoje, com a grande quantidade de livros publicados e de sites na Internet sobre saídas do corpo, dá para aprofundar bastante e liquidar os mitos. A ignorância é a mãe do medo! E segundo, a alienação psíquica oriunda de fatores parapsíquicos, incluindo nisso as projeções da consciência. Tenho visto algumas pessoas querendo fugir da realidade usando as saídas do corpo para isso. Ou seja, querem ir para outro plano porque não agüentam o tranco das experiências diárias no plano físico. Obviamente o problema não é a viagem astral, mas a falta de maturidade da pessoa para conviver com isso. Além disso, há aqueles que desvalorizam o valor do corpo humano e da vida na Terra e, por isso, pensam poder ser felizes no Astral. Porém, isso é um grande equívoco! Felicidade é um estado de consciência interno e independe de estar dentro ou fora do corpo. É o que a pessoa é! Logo, a falta de equilíbrio nos valores e nas coisas da vida é que embaça a percepção real dessa maravilhosa arte das experiências fora do corpo. Se não for para ser feliz estudando e praticando isso, então, de nada adianta. Resumindo: é preciso ser feliz, dentro ou fora do corpo. A vida é a mesma, no Astral ou na Terra. Perigoso é não gostar de viver, “Lá ou Aqui”. Paz e Luz. São Paulo, ano de 2007. P.S.: Esse texto será editado e publicado num trecho do livro “Conversando Sobre as Experiências Fora do Corpo” - próxima publicação do pesquisador e projetor Marco Antonio Coutinho (3). Sobre esse novo trabalho, ele me enviou algumas informações, que repasso logo abaixo: “Oi, Wagner, Valeu pelo texto, muito bom e esclarecedor. Tudo bem postá-lo no site do IPPB e falar do livro. O título do livro será ‘Conversando Sobre as Experiências Fora do Corpo’. Faz parte de uma coleção que a Gnosis Editorial inicia este ano, em que vários livros falarão sobre assuntos variados. A idéia é trazer trabalhos para iniciantes, em formato simples e o mais barato possível, àquelas pessoas que não querem pegar o bonde andando, entrar no meio da discussão acumulada, e sim apenas começar conhecer os fundamentos sobre os temas abordados. No entanto, será útil também para aqueles que já estão na estrada há algum tempo, e mesmo os veteranos, porque os livros da coleção, embora simples, diretos e sem firulas, apresentarão uma visão crítica, com o fito de suscitar reflexões e minimizar aquela velha opinião formada sobre tudo. O ‘Conversando Sobre as Experiências Fora do Corpo’ é o primeiro título e o primeiro tema. Outros temas virão a seguir, tratando de assuntos diversos, em sua maior parte ligados à espiritualidade, à pesquisa psíquica e às tradições sapienciais.” - Marco Antonio Coutinho - Notas: 1. Cordão de prata - conduto energético que liga o corpo espiritual ao corpo físico; cordão astral, cordão fluídico; cabo astral, cordão de luz; laço vital; fio de prata; cordão perispirítico. 2. Projeção da consciência – é a capacidade parapsíquica - inerente a todas as criaturas -, que consiste na projeção da consciência para fora de seu corpo físico. Sinonímias: Viagem astral – Ocultismo. / Projeção astral – Teosofia. / Projeção do corpo psíquico - Ordem Rosacruz. / Experiência fora do corpo – Parapsicologia. / Viagem da alma – Eckancar. / Desdobramento, Desprendimento espiritual ou Emancipação da alma - Espiritismo. Obs.: Eis aqui uma pequena bibliografia especializada – apenas em português - para quem quer estudar seriamente as experiências fora do corpo: 1. "Aventuras Além do Corpo" - William Buhlman - Editora Ediouro. Esse é um dos melhores livros sobre a projeção. O autor aborda tecnicamente os planos extrafisicos. 2. “O Segredo da Alma – O Uso de Experiências Fora do Corpo Para Entender a Nossa Verdadeira Natureza” – William Buhlman – Editora Pensamento. Excelente continuação de seu livro anterior. Buhlman é um dos grandes pesquisadores do tema. 3. "Sana Khan - Um Mestre no Além" - Luiz Roberto Mattos - Editora Universalista. Esse livro é uma pérola de relatos projetivos. 4. "A Projeção do Corpo Astral" - Sylvan J. Muldoon e Hereward Carrington - Ed. Pensamento. Esse livro é um dos grandes clássicos do assunto. 5. "Viagens Fora do Corpo" - Robert Allan Monroe - Ed. Record - Coleção Nova Era. Outro grande clássico do assunto. 6. "Projeções da Consciência" - Waldo Vieira - Editora Universalista. Ótimo livro de relatos projetivos. 7. "Além do Corpo" - Marco Antônio Coutinho - Editora Mauad. O autor faz um estudo comparativo da projeção astral nas várias linhas espiritualistas. 8. "Viagem Extrafísica" - Geraldo Medeiros Jr. - Editora Forever. Um dos melhores livros publicados sobre o assunto aqui no Brasil. 9. “Auxiliares Invisíveis” – Charles Webster Leadbeater – Editora Pensamento. Bom livro sobre as saídas do corpo e o auxílio extrafísico com projetores. 10. “A Viagem de Uma Alma” – Peter Richelier – Editora Pensamento. Excelente romance espiritualista sobre as experiências fora do corpo e os planos extrafísicos. 11. “Viagem Espiritual – Vols. 1, 2 e 3” – Wagner Borges – Editora Universalista. Série de livros abordando diversos aspectos das projeções da consciência no contexto espiritualista e universalista. * Na seção de Bibliografia do site do IPPB há uma extensa lista de livros indicados sobre o tema das projeções da consciência. Também recomendo aos leitores a leitura do meu livro “Viagem Espiritual II”, que está disponibilizado gratuitamente para leitura dentro do nosso site. www.ippb.org.br. * Em tempo: A projeção extrafísica também é abordada nas principais obras espíritas. Por isso, quando algum espírita fala que sair do corpo é perigoso, no mínimo é por falta de leitura - ou simplesmente por preguiça consciencial de ter que estudar um assunto diferente da abordagem mediúnica convencional. Baseado nisso, listei algumas referências básicas da projeção no contexto espírita: * "O Livro dos Espíritos" - Allan Kardec – Editora da FEB. Ano da publicação original: 1857 - Paris, França - Este livro é a pedra angular do Espiritismo. Perguntas sensatas de Allan Kardec, respostas dos espíritos através de vários médiuns. O capítulo 8 trata das experiências fora do corpo, chamadas ali de "Emancipação da Alma". A projeção é abordada da pergunta 400 a 430. Em nenhuma parte os espíritos falaram que a projeção é perigosa. Muito pelo contrário, afirmam várias vezes que o espírito encarnado sai do corpo naturalmente durante o sono. É só ler esse capítulo e comprovar o que afirmo. * Nas várias obras do espírito André Luiz, psicografadas por Francisco Cândido Xavier, a projeção é muito abordada, principalmente nos livros "No Mundo Maior", "Nos Domínios da Mediunidade", "Entre o Céu e a Terra" e "Mecanismos da Mediunidade". Em nenhuma delas é dito pelo André Luiz que sair do corpo é perigoso. Pelo contrário, ele fala muito bem da projeção. Inclusive, No livro "Mundo maior" ele narra uma reunião dos mentores espirituais com centenas de pessoas projetadas em um dos capítulos iniciais. * Nas obras clássicas de Leon Denis, Gabriel Dellane, Camille Flamarion e Ernesto Bozzano há várias abordagens sobre a projeção. Em nenhuma delas é dito que sair do corpo é perigoso. Resumindo: Acho que as pessoas falam muito de projeção extrafísica, mas estudam bem pouco. Dão palpites por ouvir dizer, mas sabem pouco de sua própria doutrina. Perigosa é a falta de informação na mente e a falta de amor no coração. 3. Para mais detalhes sobre o trabalho do Marco Antonio Coutinho, posto na seqüência um relato projetivo dele – postado pelo site do IPPB em 2004. SAINDO DO CORPO E ENTRANDO NUMA ÁRVORE (Relato projetivo originalmente postado nas listas Viagem Astral e Voadores, ambas dedicadas à discussão das experiências fora do corpo na Internet*) - por Marco Antonio Coutinho - “Buenas, pessoal. Esta manhã, tive uma experiência interessante, enquanto fora do corpo, e sugiro aos amigos tentarem realizar. Pode parecer óbvio para alguns, mas eu nunca a havia realizado. Aconteceu que eu vim de uma semana particularmente desgastante, tanto do ponto de vista físico, quanto do emocional. Quando chegou a sexta-feira, estava mesmo no meu limite, "esticado", por assim dizer. Procurei relaxar e ficar quieto em casa, e fui melhorando aos poucos, mas ainda muito desenergizado. Agora, na madrugada/manhã deste domingo, fui retirado do corpo e encaminhado para um local de muitas árvores, coisa que não falta aqui nesse Rio de Janeiro de mata atlântica. Ao chegar lá, percebi que deveria entrar em uma das árvores. Eu já havia realizado fisicamente exercícios de abraçar as árvores e delas receber energia. Mas jamais havia passado pela cabeça que poderia fazer esse exercício de forma ainda mais eficaz, se o realizasse fora do corpo. E assim fiz. Não apenas abracei, mas penetrei na árvore e deixei-me ficar ali por alguns momentos. A sensação era realmente revigorante e muito, muito deliciosa. Pude sentir a consciência da árvore, e o quanto ela partilhava satisfeita aquela imensa energia que processava em si mesma. Uma forma de amor, diferente daquele que concebemos como humanos que somos. Voltei ao corpo e acordei sentindo-me imensamente bem. Como estou até agora. E tive duas lições importantes. A primeira é o exercício em si. Sair do corpo e fundir-se nas árvores, buscando energia e força é algo que eu recomendo vivamente. Não tenho dúvidas de que a coisa não apenas é altamente energizante, como tem também um poder curativo insuspeitado. A segunda foi sentir em primeira mão o quanto as árvores e a natureza como um todo são importantes para nós. O quanto, mais do que isto, são parte da mesma família do que nós. Eu já sabia disto. Mas perceber tão diretamente foi uma experiência realmente transformadora.” Fraterno abraço, Rio de Janeiro, 11 de dezembro de 2004. Nota de Wagner Borges: Marco Antonio Coutinho - mais conhecido como MAC -, é meu amigo e um dos maiores pesquisadores das experiências fora do corpo no Brasil. É jornalista e autor do livro “Além do Corpo” - Editora Mauad -, e o organizador de um excelente site sobre as saídas do corpo, cultura e espiritualidade: Spiritu, Psique, Soma: www.marco.antonio.nom.br – por motivos técnicos, no momento o site está fora do ar, mas em breve retornará renovado. Ele nos autorizou a postagem desse relato projetivo. Nota: * As listas Viagem Astral e Voadores são as duas principais listas brasileiras de discussão na Internet sobre as experiências fora do corpo. O Marco Antonio Coutinho, mais conhecido como MAC, é um dos moderadores da lista Viagem Astral. O endereço da lista na Internet é: http://br.groups.yahoo.com/group/viagem-astral. O endereço da lista Voadores – criada por Lázaro Freire, outro grande pesquisador das saídas do corpo e da espiritualidade, é o seguinte: www.voadores.com.br.

ImprimirEmail