QUATRO TOQUES ESPIRITUAIS DO MESTRE AIVANHOV

"Deus é tão grande que não está interessado nos erros e nas maldades dos homens, e Ele não muda em função das suas atitudes. Portanto, se vocês se sentirem inquietos, perturbados, rejeitados porque agiram mal, não digam que Deus se retirou, ou que os rejeita, mas esforcem-se para repararem os seus erros e se sentirão novamente junto d’Ele. E, principalmente, não esperem que Deus os perdoe. Ele não os condenou, logo, não pode perdoá-los. Não adianta nada bater no peito dizendo: ´Sou um pecador... sou um pecador.´ Como vocês têm o poder de fabricar nuvens que os privam da luz de Deus, têm também o poder de desfazê-las. Tudo depende de vocês, da sua atitude. De que adiantam todos os progressos da psicologia se o homem não consegue compreender todos os fenômenos, tão importantes, que se produzem nele?"

* * *

"Os seres humanos sentem tanto prazer em constatar o lado ruim dos outros, em comentar sobre isso, e em procurar puni-los, que imaginam que o Senhor faça o mesmo. Por que eles atribuem ao Senhor as suas tendências doentias? Deus não observa os nossos erros. Existem espetáculos melhores e mais bonitos para ver. Vocês dirão: ´Mas Deus pune os seres humanos justamente porque vê os seus pecados.´. Não, não é Deus quem os pune quando cometem erros, mas são eles mesmos que, com esses erros, produzem desordens nos seus intelectos, nos seus corações, nas suas almas. E depois, essas desordens têm uma repercussão negativa sobre toda a sua existência. É justamente essa a ´punição´: a conseqüência de uma causa, uma causa ruim, que eles construíram sozinhos."

* * *

"Os nossos contemporâneos enterram-se cada vez na preguiça física e mental com o pretexto de que existe um grande número de máquinas, aparelhos ou produtos que lhes permitem evitar o esforço, e que fazem tudo no seu lugar. Quantos movimentos, exercícios de resistência ou de vontade não são mais feitos pelos seres humanos desde que existem automóveis, elevadores, máquinas de lavar, calculadores, computadores e medicamentos! Certo, eu aprovo todos esses progressos, mas desde que não deixem os seres humanos perderem o sentido do esforço, pois, para o seu bom desenvolvimento, eles não devem parar com algumas atividades físicas e, sobretudo, mentais e psíquicas. Em qualquer campo, não é possível alguém se desenvolver harmoniosamente deixando-se levar pela inatividade e pela preguiça."

* * *

"A história humana é uma sucessão de mudanças. Nada pode permanecer imutável, pois a vida está em perpétuo movimento. Seria bonito pensar que o movimento é sempre um progresso. Infelizmente, somos obrigados a admitir que às vezes são retrocessos. Mas, sendo progresso ou retrocesso, nada permanece imóvel: as gerações de seres humanos se sucedem e, embora em algumas sociedades as mudanças aconteçam mais lentamente do que em outras, quando as condições são favoráveis, ninguém pode impedir que elas aconteçam. São correntes que os seres preparados começam a captar, e das quais se tornam condutores. E se as mudanças acabam sendo aceitas por uma maioria, é porque chegou o momento."

- Omraam Mikhaël Aïvanhov* -


- Nota de Wagner Borges: Omraam Mikael Aivanhov (1900-1986): Mestre espiritualista búlgaro, que morou a maior parte de sua vida na França, onde fundou a Fraternidade Branca Universal (não confundir com a Fraternidade Branca do Himalaia). É um dos mentores espirituais dos trabalhos do IPPB. Mais informações sobre o seu trabalho podem ser conseguidas em nosso site - www.ippb.org.br – Basta entrar na seção de busca por palavras do site e clicar o seu nome. Daí surgirão diversos textos dele postados em várias seções do site, e aí é só mergulhar em seus escritos e se fartar de ler textos excelentes e cheios de sabedoria espiritual e humana.

ImprimirEmail