RETROCOGNIÇÕES E SONHOS COM ÁGUA

(Trecho principal de um e-mail comentando sobre sonhos envolvendo água, emoções e retrocognições) (1)

Sua interpretação dos sonhos contendo água está bem fundamentada. Gostaria apenas de acrescentar ao que você disse, mais uma possibilidade relativa quanto a isso.
É que alguns sonhos recorrentes, de grande impacto emocional na psiquê (2) da pessoa, contendo situações envolvendo maremotos ou afogamento em rios ou lagos, podem ser reminiscências inconscientes de processos desencarnatórios oriundos de vidas anteriores. Sei disso por experiência própria. E conheço vários casos que acompanhei de perto em que a explicação era essa.

De qualquer maneira, não deixa de ser algo mal resolvido emocionalmente. Por isso, a relação da água com os aspectos emocionais é perfeita.
Em relação a essas previsões de fim de ciclo (para não dizer fim de mundo) envolvendo imensos maremotos, muitas vezes não são pré-cognições, mas apenas retrocognições (regressões de memória) de pessoas que já passaram por isso em vidas anteriores e trazem imagens fortes dentro do subconsciente.

Contudo, como o corpo mental não sofre a ação do tempo, as percepções podem ser confundidas quando interpretadas pelo cérebro físico (preso aos valores de referência tridimensionais e espaciais convencionais).

Se algumas delas desencarnarem mediante um maremoto apocalíptico, será apenas uma repetição do passado. Na verdade, pouco importa a maneira como vamos sair do corpo físico. Não nascemos nem morremos, apenas entramos e saímos de corpos perecíveis.

Por isso, se for pela ação da água ou de qualquer outro elemento, seja humano ou natural, isso não é importante. Legal é ter consciência de que passamos por ciclos e corpos, mas não somos nenhum deles. E o apocalípse é dentro de nós mesmos. Aqui dentro de mim tem terremoto e maremoto todo dia. São as transformações inevitáveis do processo evolutivo. Meu coração não segue calendário algum (muito menos o gregoriano, todo alterado) e todo dia chacoalha minhas emoções e me diz a toda hora que tenho que crescer, seja em 1999, 2045, 3908 e pela eternidade afora...

Mas o pior é um tal de ego que mora comigo e faz questão de me espetar. Todo dia saio na briga com ele e meu mundo íntimo estremece! E o maldito não "chega ao "fim dos tempos".

No caso do tal maremoto apocalíptico, veremos o príncipe Namor em pessoa nadando perto de nós. Talvez o Aquaman e o Homem do fundo do mar também se apresentem. Talvez lembremos de uma música clássica do Jethro Tull, a famosa "Aqualung". Ou, quem sabe, tenhamos reminiscências da velha Atlântida e seus
magos molhados?

Água representa vida e morte, dependendo da situação, o que sugere que viver e morrer fazem parte apenas do nosso eterno renascer...
Como ensinavam os mestres herméticos, tem um homem velho (ferro) enferrujando dentro de nós, e um ser dourado (ouro) em formação contínua. Às vezes, a água afoga o homem velho e faz o ser dourado nadar para "outras terras", em busca de si mesmo. Às vezes, essa alquimia ocorre durante o sono e deixa pistas do que está ocorrendo em nossas emoções, sejam desta ou de outra vida.

Paz e luz.


- Wagner Borges - São Paulo, 12 de março de 1999.

1.Retrocognição (do latim: Retro, Atrás - Cognoscere, Conhecer): É o que popularmente é conhecido como regressão de memória.
2. Psique (do grego): Alma.

ImprimirEmail