UMA ORAÇÃO DA PRESENÇA V

- por Wagner Borges -

Que você se sinta acolhido(a) e protegido(a) em seu próprio coração.
Que haja integridade em seu Ser.
Que coisa alguma possa diminuir sua luz ou derrubar a força da vida em você.
Que você valorize, cada vez mais, o dom da vida e desfrute a existência como um presente.
Que o seu olhar tenha o brilho das estrelas, e o seu coração seja um sol de amor.
Que nada tire a sua compreensão valiosa de que a luz do Todo está em tudo.
Que o seu sorriso lindo seja uma inspiração para aqueles que perderam a alegria.
Que você seja uma dádiva de luz, por onde for, entre os homens e os espíritos...
Que você jamais deixe de sonhar com um mundo melhor, mesmo com tantas coisas estranhas rondando em torno.
Que você encontre felicidade em si mesmo(a), só pelo fato de existir.
Que você continue confiante nos valores conscienciais sadios que abraçou, mesmo que ninguém entenda os motivos de sua esperança.
Que você continue caminhando de cabeça erguida, sem deixar que alguém rebaixe sua auto-estima.
Que o seu amor aqueça outros corações.
Que, naqueles momentos de provas acerbas, onde o cansaço e a solidão apertarem o cerco, você se sinta seguro(a) no benévolo círculo da Presença.
Que você sempre sinta a companhia dos seres de luz em seus caminhos de vida...
Que você seja um presente, por onde for...
Que você, seja quem for, jamais esqueça do sopro vital da Presença em sua vida.
Que o brilho do sol fortaleça sua saúde.
Que a placidez da luz do luar inspire o seu recolhimento e suas reflexões sadias.
Que a prece seja sua parceira, e a sabedoria equilibre suas emoções.
Que você seja um lindo beija-flor, e que o planeta seja o seu jardim florido.
Que você saiba ver, para além dos sentidos, o Espírito Eterno que anima tudo.
Que você abençoe, mesmo que ninguém entenda e, por isso, seja abençoado.
Que os espíritos da natureza vejam você como alguém que respeita a Mãe Terra.
Que as estrelas vejam você como alguém que brilha e respeita a si mesmo(a) e aos outros.
Que você, seja quem for, e por onde for, esteja sempre no benévolo círculo de amor da Presença.
Que você seja feliz, só por existir.

Paz e Luz.

São Paulo, 18 de abril de 2007.


Notas:

* As duas primeiras Orações da Presença estão postadas em minha coluna da revista on line do site do IPPB, no seguinte endereço específico: http://www.ippb.org.br/modules.php?op=modload&name=News&file=article&sid=4680 - A terceira e a quarta partes estão postadas na seção de textos periódicos do site. São os textos 723 e 767 – www.ippb.org.br

* A Presença – metáfora celta para o Todo que está em tudo.

* Enquanto digitava esses escritos, lembrei-me de uma canção alegre e muito conhecida do fenômeno musical americano Louis Armstrong. Finalizo esses escritos com ela e deixo aos leitores um abraço espiritual cheio de amor e discernimento, sabendo que há muitas encrencas no mundo e dentro das pessoas, mas sabendo, também, que em cada um pode surgir algo bom, para transformar o que é trevoso em algo luminoso. Se não há paz no mundo externo, que pelo menos haja um pouco de paz dentro do coração e bom humor para tocar a bola em frente com dignidade. Mesmo que o mundo não entenda como falar de amor e espiritualidade em meio a tantas encrencas diárias, há alguém muito maior que sabe. ELE ri no invisível e compreende. E também deve gostar dessa canção maravilhosa do mestre musical Louis Armstrong.


QUE MUNDO MARAVILHOSO

- por Louis Armstrong -

Eu vejo árvores verdes, rosas e vermelhas também.
Eu as vejo desabrocharem, para mim e você.
E eu penso comigo mesmo, que mundo maravilhoso.
Eu vejo céus azuis e nuvens brancas.

O abençoado dia luminoso, a sagrada noite escura.
E eu penso comigo mesmo, que mundo maravilhoso.
As cores do arco-íris, tão lindas no céu.
Estão também nos rostos das pessoas passando.

Eu vejo amigos apertando as mãos, dizendo "Como vai você?"
Eles estão realmente dizendo: "Eu te amo".
Eu ouço bebês chorando, eu os vejo crescer.
E eles aprenderão muito mais do que eu jamais saberei.

E eu penso comigo mesmo, que mundo maravilhoso.
Sim, eu penso comigo mesmo, que mundo maravilhoso.
Ó, Sim!

Letra original - em inglês:

WHAT A WONDERFUL WORLD

- by Louis Armstrong -

I see trees of green, red roses too
I see them bloom for me and you
And I think to myself, what a wonderful world
I see skies of blue and clouds of white

The bright blessed day, the dark sacred night
And I think to myself, what a wonderful world
The colours of the rainbow, so pretty in the sky
Are also on the faces of people going by

I see friends shakin´ hands, sayin´ "How do you do?"
They´re really saying "I love you"
I hear babies cryin´, I watch them grow
They´ll learn much more than I´ll ever know

And I think to myself, what a wonderful world
Yes, I think to myself, what a wonderful world
Oh Yeah!

ImprimirEmail