VIAGEM ESPIRITUAL - VOANDO COM O GRANDE ESPÍRITO

(Uma Prece a Favor Daqueles que Viajam Acima das Pradarias Astrais)

- Por Wagner Borges -
 
Ó, Grande Espírito, Senhor de todas as coisas,
Deito o meu corpo pensando
Na viagem espiritual*.
 
Com respeito, fé, e amor,
Entrego meu coração em Suas Mãos.
Para que o meu vôo seja digno.
 
Que nada possa impedir minha ascensão!
Que os espíritos dos elementos me guardem.
Que a noite seja boa companheira.
 
Que a Luz se faça, pelo Seu Amor em mim.
Que, por onde eu for, tudo melhore.
Que eu tenha humildade para aprender...
 
Ó, Grande Espírito, Pai Primeiro,
Que o espírito da águia guie o meu vôo no Invisível.
Que eu voe bem alto, para além do horizonte...
 
Você me colocou no corpo por um tempo de vida.
Mas me permite voar enquanto o corpo repousa.
E eu viajo, em espírito, por cima das pradarias astrais...
 
Então, abençoe mais essa noite, que também é Sua.
Para que eu cure aos homens e os espíritos, em Seu Nome.
E, assim, me cure junto, na ação sadia e luminosa.
 
Ah, Manitu**, não me deixe desperdiçar a liberdade.
Que eu seja útil, por onde o vento espiritual me levar...
Que eu projete luz pelas mãos – a Sua Luz em mim.
 
Que, diante dos espíritos elevados, eu aprenda tudo de bom.
E que, diante dos espíritos infelizes, eu seja o curador.
No Alto, ou nas covas cinzentas, que o meu sorriso seja o Seu.
 
Não me deixe ao sabor de minhas imperfeições e limitações.
Ajude-me a fazer uma bela canção, que desperte a lucidez.
Para que o meu vôo seja lindo, como o do espírito da águia.
 
Ó, Grande Xamã, Senhor de toda Magia,
Você teceu o grande mistério da vida.
Tudo que existe é condensação do Seu pensamento.
 
Por isso, o meu vôo espiritual também é Seu!
Assim como o meu coração e a luz nas mãos.
Que, por onde eu for, seja sempre Você em mim.
 
Você me deu o presente da viagem espiritual.
E, como a águia, eu vi além do horizonte.
Agora, quando deito o corpo, só penso em voar...
 
Eu sou um espírito! Você me fez assim, na forja estelar.
O fogo do universo arde em meu coração. Eu o sinto!
Eu escuto o chamado das estrelas todas as noites.
 
Ó, Grande Ser, Fonte Imanente de tudo,
Não me deixe ao sabor do sono comum.
Pois não consigo esquecer das estrelas de onde eu vim.
 
E Você sabe: há muitos outros que também se lembram.
Eles escutam o chamado das estrelas e sabem que são espíritos.
E não deixam por menos: também querem voar!
 
Ó, Grande Amigo, envie os seus mensageiros do Alto.
Para que eles guiem essas saídas do corpo, sempre na Luz.
Não me deixe desperdiçado por aqui – e nem aos meus irmãos de vôo.
 
As estrelas chamam – e muitos escutam, com o coração cheio de amor.
Você me colocou aqui, e me fez escrever sobre as coisas do espírito.
E eu sei os motivos: para unir os viajantes espirituais, no mesmo amor.
 
E esse amor é o Seu. E todas as viagens, aqui e além, também são Suas.
Você me fez escrever, para lembrar a todos de que dormir não é só dormir.
E, agora, eu e outros queremos algo a mais: LUCIDEZ E LEVEZA ESPIRITUAL.
 
Você é o Grande Viajante, e conhece todos os corações e trilhas...
Então, compreende o que move o espírito durante o sono do corpo.
É a Sua própria essência querendo se expandir, naturalmente.
 
Pela Sua generosidade e alegria, abençoe aos viajantes espirituais.
Que esses escritos cheguem até eles, na luz das estrelas.
Para que eles se lembrem de que há magia na noite e vôos sutis.
 
Para que eles se lembrem e saibam que são muito amados.
Para que eles resgatem a arte das viagens espirituais felizes.
Para que eles saibam que outros também escutam o chamado das estrelas.
 
Ó, Grande Tecelão da Vida, Fazedor de homens e estrelas,
Entrego o meu coração em Suas Mãos, com fé na jornada e luz nos propósitos.
E assim faço, não só por mim, mas, também, pelos meus irmãos de senda.
 
Que todas as viagens, na Terra e além, sejam em Seu Nome.
Que, por todos os lugares, as consciências despertem e se lembrem...
Que dormir não é só dormir, mas, também, voar, aprender e agradecer.
 
P.S.: Ó, Grande Espírito, Senhor de todas as esferas,
Você me colocou aqui e me fez escrever, de forma simples e amiga.
E eu vejo os mensageiros espirituais que Você enviou para me ajudar nisso.
Compreendo os motivos e agradeço pela chance – mais um presente Seu.
Você é quem conhece o que cada um carrega no coração, ninguém mais.
E eu sinto, mais uma vez, Você me dando forças na jornada.
E, também, aos meus colegas de estudo e trabalho espiritual, pela companhia.
Ninguém faz nada sozinho, muito menos eu. E Você sabe do amor de cada um.
E eu não sei como agradecer a Você. Talvez, sorrindo com o Seu sorriso no meu.
Ou, talvez, simplesmente sendo eu mesmo e fazendo o melhor possível...
Que, para os outros, nunca será o suficiente; mas, para Você, é só o que precisa.
E, de toda forma, é só o que posso ser: um viajante espiritual tentando crescer...
Você me colocou aqui por um tempo de vida. E me fez escrever sobre algo a mais.
Oxalá, eu possa ser digno desse darma***, sem jamais trair meu coração.
Grande Mestre de todos, valeu, por tudo.
 
(Esses escritos são dedicados aos projetores extrafísicos e estudantes e pesquisadores sérios dessa incrível arte das experiências fora do corpo.) 
 
Paz e Luz.
 
- Notas:
* Projeção da consciência – é a capacidade parapsíquica - inerente a todas as criaturas -, que consiste na projeção da consciência para fora de seu corpo físico.
Sinonímias: Viagem astral – Ocultismo.
Projeção astral – Teosofia.
Projeção do corpo psíquico - Ordem Rosacruz.
Experiência fora do corpo – Parapsicologia.
Viagem da alma – Eckancar.
Viagem espiritual – Espiritualismo.
Viagem fora do corpo – Diversos projetores extrafísicos e autores.
Emancipação da alma (ou desprendimento espiritual) – Espiritismo.
Arrebatamento espiritual - autores cristãos.
** Manitu - designação que os índios algonquinos, da América do Norte, dão a uma força mágica não personificada, mas inerente a todas as coisas, pessoas, fenômenos naturais e atividades. Ou seja, O Grande Espírito.
*** Darma – do sânscrito “Dharma” – dever, missão, programação existencial, mérito, bênção, ação virtuosa, meta elevada, conduta sadia, atitude correta, motivação para o que for positivo e de acordo com o bem comum.

ImprimirEmail