919 - ENSINAMENTOS DOS INICIADOS

(Toques de Luz e Honra na Senda Espiritual)

A pessoa que dá guarida às trevas torna-se pobre espiritualmente.
Perde a honra e a paz, pois, sem luz, quem poderá dizer-se íntegro?
E, além de agredir a si mesma, também agride os seres queridos em torno.
E humilha-se muito, de maneiras degradantes, sem ver e sem sentir.
Quem anda com faixas escuras apertando seu coração, perde a sensibilidade.
E as trevas também falam, dentro da mente, e transmitem raiva e confusão.
E estimulam remoques e atitudes tacanhas, frutos de sua infecção invisível.

* * *
Quem permite a intrusão psíquica das trevas em sua vida, dá muitas “patadas”.
E raramente vê isso, pois, seu senso de justiça e discernimento foi corrompido.
Espiritualmente, tal pessoa é considerada doente, não de corpo, mas de honra.
E sua infecção pode se espalhar, tornando-a agente trevosa e vetor do mal.
Como sempre, a arrogância é o carro-chefe de tal propagação psíquica deletéria.
Por isso, o meigo Jesus ensinou aos homens a arte da teurgia* e da humildade.
O “Orai e Vigiai”, ensinamento tão mal compreendido até hoje, tem seus motivos.
Não se trata de orar cegamente, mas de conectar-se verdadeiramente ao Alto.
Trata-se de vigiar e policiar a própria casa mental, e de defender a luz do coração.
A prece fortalece o espírito. E o discernimento faz ver as fendas do caminho.

* * *

Os agentes das trevas coaguladas são semeadores de escuridão e de dor.
Sempre agem na calada das intenções escusas e dos remoques e medos.
Eles são exploradores dos homens! Acham brechas psíquicas e entram fundo.
Alimentam-se de energias e fomentam confusões diversas, de maneiras soturnas.
E quem lhes fornece o acesso psíquico é o próprio homem, com suas falhas.
Urge que os trabalhadores e estudantes espirituais se conscientizem disso.
Que “orem e vigiem”, não por medo, mas por honra; por lucidez; por paz de espírito.

* * *

Mourejar na gleba terrestre e, ao mesmo tempo, carregar a Luz, é uma dádiva.
Ser servidor da Luz é uma honra! Torna a jornada rica e ilumina a própria vida.
Saber que o Eterno sussurra o bem em seu coração, é fortaleza!
Que, nos momentos de provas acerbas, os estudantes espirituais lembrem-se disso!
Que não se afastem da Fonte Imanente que os protege e inspira na jornada.
Que não reneguem seus ideais luminosos por causa de ingratidões ou coisas de ego.
Que não se esqueçam de orar ao Pai-Mãe de todos, pela melhoria da humanidade.
Que não se deixem levar por modismos alienantes nem por questões esdrúxulas.
Que se mantenham firmes na senda, porque é isso que o iniciado espiritual faz!
Que não esperem entendimento do mundo, para aquilo que só o coração sabe.
Que o ceticismo dos homens não envenene os ideais de quem conhece a Luz.
Que haja sabedoria para reagir contra as más companhias e suas seduções ilusórias.
Que haja compreensão e humildade para saber perdoar os que caem na senda.
Que haja abertura e inteligência para não julgá-los, pois, só o Alto sabe tudo.
Que haja muita alegria na volta de um irmão perdido, e que o coração faça festa.
Que ninguém olhe o passado dos outros, mas o seu potencial de melhoria.
Que ninguém se iluda: o caminho da ascese evolutiva é árduo e cheio de provas.
Que haja sabedoria para fortalecerem-se nas asas luminosas da prece lúcida.
Que os estudantes e trabalhadores vigiem mais, não aos outros, mas, a si mesmos.
Que reconheçam a Luz como o grande presente de suas vidas.

Honra e Compreensão.
Equilíbrio na Senda.
Harmonia e Serenidade.
Tenacidade e Gratidão.
Amor e Perdão.
Paz e Luz.

- Ramatís e Os Iniciados** -
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges – São Paulo, 23 de março de 2009.)

- Notas:
* Teurgia – a relação secreta da luz do coração com a luz celeste; a arte de conectar-se com os espíritos celestes, pela prece, para a consecução das artes da cura espiritual. Por esse parâmetro, Jesus praticava a teurgia. Aliás, ele era O Grande Taumaturgo!
** Os Iniciados - grupo extrafísico de espíritos orientais que opera nos planos invisíveis do Ocidente, passando as informações espirituais oriundas da sabedoria antiga, adaptadas aos tempos modernos e direcionadas aos estudantes espirituais do presente.
Composto por amparadores hindus, chineses, egípcios, tibetanos, japoneses e alguns gregos, eles têm o compromisso de ventilar os antigos valores espirituais do Oriente nos modernos caminhos do Ocidente, fazendo disso uma síntese universalista. Estão ligados aos espíritos da Fraternidade da Cruz e do Triângulo. Segundo eles, são “iniciados” em fazer o bem, sem olhar a quem.

Obs.: Enquanto eu passava essas linhas a limpo, lembrei-me de dois outros textos do Ramatís e dos Iniciados, nessa mesma sintonia, postados pelo site do IPPB em 1998 e 1999.
Penso que a sinergia desses textos possa enriquecer esses escritos de hoje. Então, estou postando-os na sequência.





PORTAIS

Nunca, em nenhuma outra época da humanidade, tantos tiveram acesso aos conhecimentos espirituais. No entanto, muitos continuam fraquejando em seus propósitos espirituais. Alguns por leviandade, outros por arrogância. Pobres humanos atormentados! Quando despertarão do jugo do ego? Quando despertarão para a maturidade espiritual? Quando escutarão as notas da vina da verdade tocando para o habitante sutil de seus corações?

* * *

A espada do conhecimento espiritual só é empunhada com sabedoria quando as mãos que a seguram estão revestidas com as "luvas do discernimento".

* * *

Multidões querem tomar de assalto os portais do Supremo Amor. Mas, como seus corações são trevosos e seus anseios são turbulentos, o máximo a que chegam é nos portais da dor, que magnanimamente abre-lhes a passagem.

* * *

Corações rancorosos portam energias muito densas. Há um inferno emocional em suas entranhas. Como querem alcançar as linhas radiantes da espiritualidade superior se seus atos e emoções estão sintonizados às baixas vibrações do rancor?

* * *

Muitos mestres ensinaram a mesma verdade: “Dias ruins não são aqueles que amanhecem tempestuosos. Não, não! São aqueles dias em que não nos lembramos do Senhor da vida e mergulhamos no poço das emoções torpes”.

* * *

Os portais do saber espiritual não são estreitos. Pelo contrário, são largos demais. Ampliam horizontes e descortinam novas asceses evolutivas. Estreitos são os portais do radicalismo, pois estão repletos de violência e ignorância.

* * *

Que os buscadores espirituais sinceros adentrem suavemente os salões da sabedoria portando muito amor e modéstia em seus corações. Que seus propósitos sejam lúcidos. Que suas mãos estejam estendidas generosamente a toda humanidade. E que seus semblantes estejam nimbados de luz infinita.

Paz e luz!

- Os Iniciados -
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges; São Paulo, 21 de dezembro de 1998.)





CORAÇÃO, SINTONIAS, RUMOS E ELEVAÇÕES

Amigo buscador, ouça a voz sutil do coração.
Mergulhe no mais profundo de sua alma e ligue-se à essência divina que mora na câmara secreta do chacra cardíaco*.
Não desdenhe o chamado secreto de sua própria divindade.
Atravesse o mar das lamentações do ego e chegue até as praias da inspiração. Sucessivas vagas de amor chegam ali. Elas vêm pelos portais espirituais beijar as praias de sua vida íntima.
Por que hesita em seguir o chamado sutil?
Tem medo do encontro consigo mesmo?

* * *

Saiba que muitas almas conhecem seu sofrimento nas lidas da carne.
Elas conhecem os recônditos de suas aspirações e torcem por você.
Elas beijam seu coração sem que você perceba.
Inspiram muitos dos seus pensamentos e sentimentos, mas respeitam seu livre arbítrio e suas decisões.
Elas o amam.

* * *

Na caverna de seu coração há um tesouro de luz.
Tome posse dele!
Devido aos anseios de seu ego, às vezes, você parece miserável e parece um deserdado espiritual.
Por que não usa parte da riqueza espiritual que o "Pai-Mãe" celestial depositou em seu coração?
Não reclame de suas dificuldades. Elas são suas melhores professoras.
Sem elas, seu ego já teria assumido total controle de sua vida.
Entre no coração e medite!
Tome posse de seu tesouro de luz e faça sua alma brilhar muito!

* * *

Escute a canção sutil chamando-lhe.
As cordas da vina do amor estão vibrando dentro de seu coração.
Você não quer viajar na música do "Grande Concertista Cósmico"?
Escute... E cresça!

* * *

Irmão buscador,
As pétalas da inspiração estão com você.
Compartilhe-as com seus irmãos de caminhada.
Trilhe a senda da simplicidade e seja sereno e equânime em seus propósitos vitais.
Seja iniciado na arte da compreensão.

* * *

Os mestres da sabedoria estão agora nas praias de seu coração.
Eles estão chegando nas ondas do amor e reunindo-se sob o sol do samadhi**.
Eles escutaram a canção de seu coração e vieram saudá-lo.
Vá ter com eles e aprenda a arte da paciência!

* * *

Irmão espiritual,
Dissolva as turbulências do ego nas turbinas do discernimento.
Trabalhe com afinco e desprendimento, sem alarde.
As medalhas de mérito do mundo um dia enferrujam. Porém, o galardão da paz íntima sempre brilhará no peito da consciência operosa e generosa.
Seja justo e amigo.

* * *

Irmão leitor,
Viajamos com você por estes escritos espirituais na direção da iniciação da compreensão e da luz.
Nossos objetivos são semelhantes: Expandirmos a consciência pelas muitas moradas do "Pai-Mãe" universal e comungarmos com as estrelas e seres na faixa do amor.
Viajamos juntos na nave-mãe Terra pela imensidão de miríades de dimensões e planos, experimentando a multiplicidade das experiências que nos levam às asceses evolutivas compatíveis com nossos esforços e objetivos.
Na Terra ou no espaço espiritual da vida, estamos seguindo no mesmo rumo.
Os caminhos espirituais são numerosos, mas o Grande Arquiteto do Universo é um só!
Em qualquer lugar, tempo ou situação, estamos todos viajando no coração do Amor Supremo.

* * *

Irmão consciencial, não se esqueça de que "semelhante atrai o semelhante".
Busque e achará, semeie e colherá, pois, a cada um segundo suas obras!
Siga a senda do coração e amplie seu nível de consciência.

* * *

Desde as esferas espirituais até as praias de seu coração; do átimo de um segundo até o infinito dos tempos; da pura consciência ao corpo mais denso; do universo aos grãos de areia; e, destes escritos ao seu entendimento, PAZ E LUZ A TODOS!

- Ramatís e Os Iniciados -
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges; São Paulo, 21 de maio de 1999.)

- Notas:
* Chacra Cardíaco - é o centro de força responsável pela energização do sistema cardiorrespiratório. É considerado o canal de movimentação dos sentimentos. Por isso é o chacra mais afetado pelo desequilíbrio emocional. Bem desenvolvido, torna-se um canal de amor para o trabalho de assistência espiritual. Está ligado à glândula timo. O seu nome em sânscrito é “Anahata”, o inviolável, o invicto, o som sutil do espírito imperecível.
Obs.: Chacras - do sânscrito - são os centros de força situados no corpo energético e que têm como função principal a absorção de energia - prana, chi - do meio ambiente para o interior do campo energético e do corpo físico. Além disso, servem de ponte energética entre o corpo espiritual e o corpo físico.
Os principais chacras são sete – que estão conectados com as sete glândulas que compõem o sistema endócrino: coronário, frontal, laríngeo, cardíaco, umbilical, sexual e básico.
** Samadhi - do sânscrito - expansão da consciência, consciência cósmica.


Texto <919><27/03/2009>

Imprimir Email